O seu PlayStation 4 pode estar infestado de baratas e você nem sabe

Por Redação | em 19.04.2017 às 12h35

PlayStation 4

Lembra de quando uma loja brasileira encontrou uma cobra dentro de um PlayStation 4? Pois parece que esse não é o único bicho que pode ser encontrado dentro do aparelho, que virou criadouro para outro animal: baratas.

Diversas assistências técnicas nos Estados Unidos estão relatando um aumento no número de defeitos causados por infestação de baratas mortas no console da Sony. Em entrevista ao Kotaku, Patrick Che, cofundador da oficina reparadora de videogames XCubicle, em Nova York, afirma que são tantos casos que ele passou a cobrar uma taxa extra de US$ 25 para remover os insetos do dispositivo. Outra loja que faz conserto de consoles diz que pelo menos metade dos PS4 recebidos chegam infestados de baratas.

Aqui no Brasil, a coisa não é diferente. Alex Montenegro, dono da Gameteczone - uma das maiores assistências técnicas de videogames do país -, confirma que o PlayStation 4 é o console favorito das baratas. Ele alega que já foram encontradas até lacraias dentro do gadget.

O fenômeno tem explicação: esses insetos gostam de lugares quentes, fechados e escuros para viver e procriar. A maioria dos consoles costuma ficar posicionado na horizontal, de forma plana, e em locais com pouca luz e ventilação. Logo, é natural que as pragas façam a festa, uma vez que dificilmente os jogadores vão reparar alguma mudança até os videogames não funcionarem de uma hora para outra.

Segundo os técnicos, as baratas às vezes conseguem se acomodar no Xbox One, da Microsoft, mas entrar pelo PS4 é bem mais fácil. Isso porque as grelhas de ventilação são mais amplas e ficam na parte inferior do aparelho. Além disso, a parte interna do console fica mais quente do que o Xbox One por causa da fonte de alimentação, e é aí que começam os defeitos no dispositivo: a fonte frita as baratas em seus componentes e, se caso elas façam ninhos lá dentro, os filhotes (e seus excrementos) podem derreter e se fundir ao hardware, impedindo que o PlayStation 4 seja ligado.

A questão é ainda pior porque a Sony não se responsabiliza pelo problema, nem oferece assistência técnica ou garantia em consoles infestados com insetos. O trabalho sujo acaba com as lojas de reparo, que estereilizam o videogame com um limpador ultrassônico e trocam a fonte de alimentação interna. Os técnicos dizem que, para evitar situações dessa natureza, o ideal é sempre deixar o PS4 em um ambiente limpo e num lugar mais alto, para evitar que as baratas consigam subir e se infiltrar no console.

Fontes: Kotaku, UOL via Tecnoblog

Assine nosso canal e saiba mais sobre tecnologia!
Leia a Seguir

Comentários

Newsletter Canaltech

Receba nossas notícias por e-mail e fique
por dentro do mundo da tecnologia!

Baixe já nosso app Fechar

Novidade

Extensão Canaltech

Agora você pode ficar por dentro de todas as notícias, vídeos e podcasts produzidos pelo Canaltech.

Receba notificações e pesquise em nosso site diretamente de sua barra de ferramentas.

Adicionar ao Chrome