Vazamento mostra possível smartphone da Nokia feito em metal

Por Redação | em 11.01.2016 às 14h27

Nokia

Agora que o ano de 2015 acabou, a Nokia pode desfrutar da tão merecida liberdade no mercado de smartphones. Isso porque, após a compra da Microsoft, a empresa ficou impedida de utilizar a marca Nokia até 31 de dezembro de 2015. Neste ano, as coisas devem ser diferentes para a empresa que utilizou o tempo de restrição para investir em infraestrutura de redes. Na verdade, um retorno da Nokia a mercado de smartphones está sendo debatido há algum tempo.

Uma imagem divulgada na rede social Weibo, sem qualquer informação adicional, mostra um possível novo smartphone da Nokia feito em corpo de metal. Pela imagem é difícil adivinhar o tamanho da tela do aparelho, mas a julgar pelas proporções, ela parece ter entre 5 e 5,5 polegadas. Além disso, é possível notar o logo da empresa, já conhecido pelos amantes da marca, impresso na traseira do aparelho.

Nokia

Apesar dos rumores, a imagem pode ser uma farsa. Isso porque o aparelho mostrado poderia ser um protótipo de smartphones já lançados no mercado pela Microsoft, com a marca da Nokia. Caso seja autêntico, o aparelho poderia ser o Nokia C1, suposto modelo equipado com Android que há algum tempo é cercado por rumores.

Fontes ligadas ao mercado de smartphones dizem que a Nokia deverá lançar três novos smartphones ainda este ano. A fabricante finlandesa poderá seguir os moldes de lançamento de seu tablet, o Nokia N1. Sendo assim, a empresa deverá desenvolver os aparelhos e disponibilizá-los para fabricação em empresas parceiras, como a Foxconn.

Via GSMArena

Assine nosso canal e saiba mais sobre tecnologia!
Leia a Seguir

Comentários

Newsletter Canaltech

Receba nossas notícias por e-mail e fique
por dentro do mundo da tecnologia!

Baixe já nosso app Fechar

Novidade

Extensão Canaltech

Agora você pode ficar por dentro de todas as notícias, vídeos e podcasts produzidos pelo Canaltech.

Receba notificações e pesquise em nosso site diretamente de sua barra de ferramentas.

Adicionar ao Chrome