Nokia revela o 150 e o 150 Dual SIM, seus dois novos feature phones

Por Redação | em 13.12.2016 às 11h03

Nokia 150

Se alguém ainda tinha alguma dúvida de que a Nokia voltaria ao mercado de telefonia móvel, nesta terça-feira (13) a empresa oficializou seu retorno com o lançamento de dois novos feature phones: o 150 e o 150 Dual SIM.

Para quem não está familiarizado com o termo, feature phones são aqueles celulares básicos que praticamente só ligam e enviam SMS, não contando com nenhum acesso a rede sociais ou mensageiros instantâneos. Pelas imagens, é possível perceber que visualmente os aparelhos parecem evoluções dos Nokia 215.

Ambos contarão com suporte a reprodução de MP3 e trazem rádio FM integrada, além de conectividade Bluetooth e SLAM - um substituto de baixo custo ao NFC. A bateria faz inveja às dos smartphones, segurando a carga por até 22 horas em conversação e até 31 dias em standby. Na parte traseira, os Nokia 150 trazem uma câmera VGA basicona para quem não se preocupa mesmo com qualidade de imagem. Para finalizar, eles contam com entrada para cartão microSD de até 32 GB, onde o usuário poderá armazenar suas fotos e músicas.

Celular basicão chega à Europa no primeiro trimestre do ano que vem custando apenas US$ 26. Não há informações de disponibilidade em outros territórios (Reprodução HMD Global) 

Sim, é um pouco decepcionante ver esses aparelhos chegando ao mercado antes do D1C, cujos preço e especificações vazaram ontem, mas isso mostra qual a estratégia que a marca finlandesa está adotando para se reinserir num mercado saturado como o mobile.

Com os celulares básicos, e a iminente chegada de seus smartphones intermediários, a Nokia quer conquistar um público menos exigente em mercados emergentes. Dessa forma, a ideia da empresa é formar uma boa base de usuários, que será responsável por gerar fluxo de caixa e angariar recursos financeiros para patrocinar o desenvolvimento de aparelhos mais potentes.

É uma estratégia arriscada, sobretudo porque smartphones de entrada e feature phones vêm perdendo cada vez mais espaço, com mais gente preferindo os chamados intermediários superiores e os topos de linha por suas funcionalidades e custo-benefício. Porém, não podemos esquecer que estamos falando da Nokia, uma marca que ainda tem muito apelo junto ao público e que até hoje é associada a qualidade e, principalmente, durabilidade. Resta esperar para ver se a empresa, agora sob as asas da HMD Global, conseguirá manter essa imagem ou não.

Teremos uma ideia melhor disso quando os Nokia 150 chegarem à Europa no primeiro trimestre de 2017, onde serão vendidos pelo equivalente a US$ 26. Em relação ao D1C, o smartphone intermediário está previsto para ser anunciado durante o Mobile World Congress 2017, que acontecerá de 26 de fevereiro a 02 de março em Barcelona.

Via HMD

Assine nosso canal e saiba mais sobre tecnologia!
Leia a Seguir

Comentários

Newsletter Canaltech

Receba nossas notícias por e-mail e fique
por dentro do mundo da tecnologia!

Baixe já nosso app Fechar

Novidade

Extensão Canaltech

Agora você pode ficar por dentro de todas as notícias, vídeos e podcasts produzidos pelo Canaltech.

Receba notificações e pesquise em nosso site diretamente de sua barra de ferramentas.

Adicionar ao Chrome