76% dos assinantes acham que a Netflix vai substituir a TV

Por Redação | em 04.05.2016 às 20h08

Assistindo Netflix

A Netflix foi capaz de criar seu próprio espaço no mercado sem ter que competir diretamente com outros concorrentes. No fim da década de 90, a empresa era apenas um serviço de aluguel de filmes que entregava diretamente na casa dos clientes. Percebendo o sucesso da companhia, as rivais Blockbuster e Hollywood Videos investiram no mesmo tipo de serviço. Foi só em 2007 que a Netflix percebeu que distribuir conteúdo por streaming poderia virar tendência.

Bem, já deu pra perceber que a Netflix é uma empresa em constante mudança, mas o que será que o futuro reserva para o streaming de conteúdo?

O site All Flicks produziu uma pesquisa para entender melhor o comportamento dos assinantes da Netflix além de buscar o que eles esperam do futuro do serviço. Três mil pessoas responderam à pesquisa e as descobertas foram surpreendentes.

Netflix x TV paga

Uma das questões levantadas pela pesquisa é descobrir se a Netflix pode substituir a TV tradicional. A base de assinantes do serviço inclui um grande número de pessoas que ainda assistem a TV. O resultado da pesquisa mostrou que a maioria dos assinantes da Netflix acredita que o serviço de streaming deve tomar o lugar da TV tradicional no futuro, mas com algumas ressalvas.

Gráfico

Os que não concordaram com essa afirmação destacaram que a Netflix ainda não oferece maneiras de assistir a eventos esportivos ao vivo, ao contrário do que já acontece há décadas na TV tradicional. Um dos assinantes foi além, declarou que cancelaria sua TV paga caso a Netflix começasse a exibir eventos esportivos ao vivo. Outras pessoas pontuaram ainda a falta de cobertura de notícias, que por si só já é motivo suficiente para manter a TV tradicional funcionando.

Netflix x Cinema

Comparado com o cinema, o resultado da pesquisa foi bem diferente. Menos de um quarto dos que responderam à pesquisa está confiantes de que a Netflix pode substituir em algum momento as salas de projeção.

Gráfico 2

Mesmo com o futuro promissor da plataforma, ainda existem diferenças pontuais entre a experiência oferecida pela Netflix e pelas salas de cinema. A "mágica" do cinema ainda não está presente ao assistir filmes em casa. Certamente o cinema e os serviços de streaming competem entre si, com conteúdos diferenciados cada vez mais atraentes. Esse resultado pode mudar com o passar dos anos, e pouco se sabe sobre como o mercado vai se aproveitar, por exemplo, dos novos dispositivos de realidade virtual, que podem mudar drasticamente a forma como consumimos conteúdo.

Quem sabe nos próximos anos não temos respostas mais concretas a essas perguntas?

Via: Cord Cutting e All Flicks

Assine nosso canal e saiba mais sobre tecnologia!
Leia a Seguir

Comentários

Newsletter Canaltech

Receba nossas notícias por e-mail e fique
por dentro do mundo da tecnologia!

Baixe já nosso app Fechar

Novidade

Extensão Canaltech

Agora você pode ficar por dentro de todas as notícias, vídeos e podcasts produzidos pelo Canaltech.

Receba notificações e pesquise em nosso site diretamente de sua barra de ferramentas.

Adicionar ao Chrome