Microsoft está trabalhando em serviço de “memórias digitais”

Por Redação | em 13.05.2016 às 14h14

Microsoft

Criar novas experiências digitais e mudar a forma como as pessoas trabalham e compartilham suas memórias é a atribuição do Evoke Studio, um novo departamento criado pela Microsoft para trabalhar exclusivamente em um novo serviço. Ainda sem nome, a plataforma não foi efetivamente anunciada, mas deu as caras em uma série de descrições de vagas, nas quais a companhia busca programadores, especialistas e outros profissionais para compor a equipe de desenvolvimento.

A ideia, de acordo com os textos, é usar a inteligência artificial e o poder da nuvem para modificar a maneira com a qual os usuários trabalham com fotos, vídeos e outros arquivos. A ideia básica faz pensar em algo parecido ao Google Fotos, mas os detalhes de como tudo vai funcionar ainda não estão muito claros, a ponto de apontarmos diferenças ou funcionalidades exclusivas.

O que sabemos, entretanto, é que o Evoke Studio vai trabalhar lado a lado com os times de pesquisa e desenvolvimento da Microsoft, e também com os responsáveis pelo OneDrive. A ideia, então, seria o lançamento de um serviço integrado com o que já existe hoje em termos de cloud computing, mas focado em experiências digitais com mídia. A descrição das vagas fala em “novas maneiras de contar uma história” e “mudar o futuro das memórias digitais”.

O uso de inteligência artificial e conceitos de aprendizado, por exemplo, viria a partir da análise dos dados. Quanto mais informações são hospedadas no serviço, mais ele aprenderia, reconhecendo rostos, situações e elementos não apenas a partir de metadados, mas também pelas próprias imagens e vídeos. Isso, no Google Fotos, por exemplo, é usado para organizar os arquivos por localização geográfica, pessoas presentes e outros aspectos, sem necessidade de o usuário configurar tais parâmetros manualmente.

Ao que parece, entretanto, a Microsoft estaria disposta a inovar. Isso é notado não apenas pelo uso de hipérboles mas também pelas citações que descrevem a equipe de desenvolvimento da nova plataforma. Do Evoke Studio, participa gente que esteve envolvida no que são citados como os dois projetos mais ambiciosos da história da empresa: o Hololens e o Kinect. Isso dá uma amostra não apenas do que é pretendido com o sistema, mas também, do alto perfil de alguns dos envolvidos.

Por enquanto, entretanto, nada de informações mais profundas. A plataforma nem mesmo conta com um nome, quanto mais datas de lançamento ou detalhes, mas dá para esperar, claro, que ela seja integrada ao Windows 10, além de ter uma presença nos sistemas móveis da Microsoft – e quem sabe também nos da concorrência. A companhia não falou oficialmente sobre o assunto, e deve realizar anúncios no momento oportuno.

Fonte: ZDNet

Assine nosso canal e saiba mais sobre tecnologia!
Leia a Seguir

Comentários

Newsletter Canaltech

Receba nossas notícias por e-mail e fique
por dentro do mundo da tecnologia!

Baixe já nosso app Fechar

Novidade

Extensão Canaltech

Agora você pode ficar por dentro de todas as notícias, vídeos e podcasts produzidos pelo Canaltech.

Receba notificações e pesquise em nosso site diretamente de sua barra de ferramentas.

Adicionar ao Chrome