Microsoft compra 10 milhões de fitas de DNA para armazenamento de dados

Por Redação | em 28.04.2016 às 08h42

DNA

De acordo com especialistas, todos os dias são criados mais de 2,5 exabytes de dados, sendo que 90% de todos os dados do mundo foram criados nos últimos dois anos. Esses números gigantescos mostram a necessidade de investimento em novas tecnologias de armazenamento, e uma startup norte-americana tem uma solução interessante.

Chamada Twist Bioscience, a empresa utiliza moléculas de DNA sintéticas criadas para armazenar grandes quantidades de dados. O uso desse tipo de tecnologia permite, além da capacidade de armazenamento, segurança e durabilidade, já que os dados podem permanecer intactos por milhares de anos.

Diante da tecnologia desenvolvida pela startup, a Microsoft anunciou que testará o método. De acordo com Doug Carmean, do setor de pesquisas da companhia, como o número de dados da gigante vem crescendo exponencialmente, são necessárias novas maneiras de armazenamento seguro e de longo prazo.

Para o experimento, a Microsoft já comprou da Twist Bioscience 10 milhões de fitas de DNA, sendo que em apenas 1 milímetro cúbico é possível armazenar absurdos 1 exabyte - ou 1 bilhão de gigabytes de dados. Ainda não se sabe exatamente de que forma as fitas de DNA serão utilizadas pela Microsoft, mas sem dúvida a solução é bastante interessante para manter quantidades gigantescas de dados em espaços minúsculos.

Via: Slashdot, Business Insider

Assine nosso canal e saiba mais sobre tecnologia!
Leia a Seguir

Comentários

Newsletter Canaltech

Receba nossas notícias por e-mail e fique
por dentro do mundo da tecnologia!

Baixe já nosso app Fechar

Novidade

Extensão Canaltech

Agora você pode ficar por dentro de todas as notícias, vídeos e podcasts produzidos pelo Canaltech.

Receba notificações e pesquise em nosso site diretamente de sua barra de ferramentas.

Adicionar ao Chrome