Vendas de computadores no Brasil atingem o menor volume em 13 anos

Por Redação | em 17.03.2017 às 12h13

PCs

Que os computadores já não vendem mais como antes, disso todo mundo sabe. Mas, no Brasil, as vendas chegaram ao menor volume em 13 anos, segundo o mais novo relatório da IDC divulgado nesta semana.

De acordo com a firma de análise de mercado, apenas 4,5 milhões de computadores "completos" foram vendidos por aqui em 2016. A marca é a menor registrada em quase uma década e meia e a tendência é que continue a cair.

A derrocada, entretanto, já era prevista pela IDC, que disse que as vendas ficaram "dentro das nossas expectativas". "Além da crise econômica que impactou o mercado, no ano passado houve mais interesse por smartphones, tablets e até por aparelhos televisores inteligentes, que oferecem a possibilidade de assistir a filmes e consumir entretenimento em geral", destacou a consultoria. "Ou seja, o computador, que até 2012 era praticamente o único dispositivo a oferecer acesso à internet, ano a ano vem perdendo espaço para outros dispositivos", explicou.

Nesse cenário de queda, os notebooks são os que mais vendem, totalizando 2,8 milhões de unidades vendidas -- 30% menos em relação a 2015. Os computadores de mesa apresentaram uma queda ainda maior, de 35%, somando 1,7 milhão de unidades vendidas. Dos 4,5 milhões de PCs vendidos, 3 milhões se destinaram a uso doméstico e o restante foi para o corporativo.

Por fim, a IDC acredita que as coisas não devem melhorar nos próximos anos. A bem da verdade, a consultoria prevê que mesmo que a economia se recupere em 2017, o mercado conseguirá, no máximo, manter esses números. Que fase, heim?

Assine nosso canal e saiba mais sobre tecnologia!
Leia a Seguir

Comentários

Newsletter Canaltech

Receba nossas notícias por e-mail e fique
por dentro do mundo da tecnologia!

Baixe já nosso app Fechar

Novidade

Extensão Canaltech

Agora você pode ficar por dentro de todas as notícias, vídeos e podcasts produzidos pelo Canaltech.

Receba notificações e pesquise em nosso site diretamente de sua barra de ferramentas.

Adicionar ao Chrome