Rival do Nubank, Digio é lançado oficialmente no Brasil

Por Redação | em 18.11.2016 às 16h21

Digio

Os primeiros cartões Digio, serviço de pagamento digital que rivaliza com o Nubank, foram oficialmente lançados nesta sexta-feira (18). O Digio é uma plataforma digital de meios de pagamento criada pelo Banco CBSS, instituição financeira do Grupo EloPar (Banco do Brasil e Bradesco).

O cartão é o primeiro produto da plataforma e estava até então em fase piloto. Atualmente é possível solicitar o cartão por um app disponível para Android e iOS. Segundo a empresa, a solicitação é feita em três etapas: instalação do app no celular, a solicitação do cartão e o recebimento.

De acordo com a agência de notícias Reuters, o Digio acredita que vai superar a marca de 1 milhão de cartões em 2017. Para efeito de comparação, apesar de não abrir o seu número exato de clientes no Brasil, o Nubank afirma que mais de 5,5 milhões já pediram o seu cartão de crédito gerenciado via smartphone. O que sabemos é que apenas um pequeno percentual dessas solicitações são aprovadas após análise de perfil e crédito. Mas o interesse pelo cartão ainda é grande: atualmente, mais de 400 mil pessoas estão na lista de espera.

Uma das diferenças entre o Digio e o Nubank é a bandeira sob a qual operam. Enquanto a primeira fica inicialmente com a Visa, a segunda opta pela MasterCard. No entanto, o banco CBSS também tem sob seu guarda-chuva a bandeira de cartões de benefícios Alelo, o Livelo, além da financeira Movera, de microcrédito. O Digio também aposta no acesso a recursos dos clientes do BB e do Bradesco para aprovar um volume maior de pedidos do que seu concorrente.

Comparativamente, o líder desse mercado, o Nubank, tem capacidade financeira mais limitada de crescer porque recebe recursos de dois bancos de pequeno porte cujos nomes não são públicos. A meta interna do banco CBSS é que o Digio seja lucrativo em cerca de quatro anos. O Digio nasceu sem a opção de crédito rotativo. Em vez disso, se o cliente quiser financiar parte da fatura, o banco oferece uma linha de parcelamento com taxa fixa de 7,9% ao mês, bem menor do que a taxa média do rotativo praticada pelos bancos, acima de 14% mensais.

Assim como seu principal concorrente, o pagamento da fatura pode ser feito em qualquer banco e também é possível visualizá-la por meio do aplicativo. Os primeiros cartões Digio terão a bandeira Visa Internacional, mas o plano de negócios prevê que ele seja multibandeira, sem a cobrança inicial de anuidade.

De acordo com Carlos Giovane, CEO do Banco CBSS, o Digio pode ser considerado uma fintech dentro do Grupo EloPar e o seu desenvolvimento ocorreu dentro do Banco CBSS, uma espécie de laboratório da holding.

“O Digio é uma plataforma que nasce com forte viés de inovação e, em paralelo, com a solidez financeira e a capacidade de investimento do Grupo EloPar, algo bastante valioso em um segmento no qual a confiança do consumidor é aspecto-chave”, afirma.

Assine nosso canal e saiba mais sobre tecnologia!
Leia a Seguir

Comentários

Newsletter Canaltech

Receba nossas notícias por e-mail e fique
por dentro do mundo da tecnologia!

Baixe já nosso app Fechar

Novidade

Extensão Canaltech

Agora você pode ficar por dentro de todas as notícias, vídeos e podcasts produzidos pelo Canaltech.

Receba notificações e pesquise em nosso site diretamente de sua barra de ferramentas.

Adicionar ao Chrome