Hoje, as pizzas da primeira transação com Bitcoins valeriam US$ 20 milhões

Por Redação | em 24.05.2017 às 13h37

Bitcoins

Você pode não conhecer a data, mas o dia 22 de maio é comemorado, todos os anos, pelos entusiastas das Bitcoins. Foi neste dia, em 2010, que foi registrada a primeira transação com a criptomoeda, ainda de maneira informal, quando Laszlo Hanyecz pagou Jeremy Sturdivant pela compra e entrega de duas pizzas grandes em sua casa, nos Estados Unidos.

Toda a negociação aconteceu pelo IRC e a baixa penetração das moedas, na época, fez com que o pedido, publicado em 17 de maio, levasse nada menos do que cinco dias para ser atendido. Hanyecz queria duas pizzas grandes, não importando se fossem preparadas por outro usuário das moedas ou pedidas em uma franquia.

Na noite do dia 22, ele transferiu dez mil Bitcoins para a carteira de Sturdivant, um estudante britânico que, pela internet, pediu que duas pizzas da franquia Papa John’s fossem entregues a ele. Na época, o valor transfeiro era equivalente a US$ 41, o que significou que o inglês ainda teve lucro, pois com a conversão de moedas, apenas US$ 25 foram cobrados em seu cartão de crédito.

Sete anos depois, o total de Bitcoins transferido seria equivalente a US$ 20 milhões, uma valorização de mais de 500.000%. Mesmo que realizada informalmente, a compra das pizzas representa a primeira vez que as moedas virtuais foram convertidas em produtos reais, algo que, para os entusiastas da época, foi motivo de festa e também uma amostra de que aquela onda, que estava apenas começando, iria mesmo vingar.

Hoje, as Bitcoins são assunto em firmas de investimento e nos corredores do governo. De um lado, está a pressão para que a moeda de alta valorização seja reconhecida como legítima e se afaste da associação com o crime. De outro, a noção de que a regulamentação é necessária, apesar de as criptomoedas, em sua essência, terem sido criadas justamente como uma alternativa livre de controle central.

No momento em que essa reportagem é escrita, uma unidade de Bitcoin vale R$ 9,1 mil. A moeda encontra-se em franca valorização nas últimas semanas, enquanto o Japão experimenta uma demanda cada vez mais frequente, que está alavancando os preços internacionais. A movimentação, principalmente, vem por conta dos investidores asiáticos, que a levaram aos maiores valores de sua história.

Hoje, as Bitcoins podem ser usadas para compras, inclusive no Brasil. Marcas como Dell, Joox, Microsoft e Twitch estão entre as que aceitam pagamentos com a moeda.

Fonte: Business Insider

Assine nosso canal e saiba mais sobre tecnologia!
Leia a Seguir

Comentários

Newsletter Canaltech

Receba nossas notícias por e-mail e fique
por dentro do mundo da tecnologia!

Baixe já nosso app Fechar

Novidade

Extensão Canaltech

Agora você pode ficar por dentro de todas as notícias, vídeos e podcasts produzidos pelo Canaltech.

Receba notificações e pesquise em nosso site diretamente de sua barra de ferramentas.

Adicionar ao Chrome