Governo dos Estados Unidos investe US$ 4 bilhões em carros autônomos

Por Redação | em 15.01.2016 às 11h11

Google (carro que dirige sozinho)

O desenvolvimento de carros autônomos receberá um forte incentivo do governo dos Estados Unidos. O presidente Barack Obama pretende investir US$ 4 bilhões oriundos dos cofres públicos para acelerar o desenvolvimento de pesquisas no país. Além de estimular que as montadoras possam continuar a trabalhar na construção destes novos veículos, o governo quer acabar com os entraves burocráticos para os testes de carros autônomos no país.

O investimento de US$ 4 bilhões, cerca de R$ 16 bilhões, será realizado ao longo dos próximos 10 anos. O anúncio foi feito pelo Secretário de Transportes dos Estados Unidos, Anthony Foxx, durante o Detroit Auto Show nesta quinta-feira (14). Acompanhado do secretário estavam os executivos da General Motors, Ford, Chrysler, Tesla, Google e Delphi.

"Estamos no limiar de uma nova era em tecnologia automotiva com um enorme potencial para salvar vidas, reduzir as emissões de gases de efeito estufa e transformar a mobilidade para o povo norte-americano", afirmou Foxx.

Secretário de transportesSecretário de Transportes dos EUA faz anúncio acompanhado de executivos de várias montadoras do país

O secretário também anunciou que dentro dos próximos seis meses o Departamento de Transportes e a Administração Nacional de Segurança de Tráfego nas Estradas irão trabalhar como parceiros da Associação Americana de Administradores de Veículos a Motor com o objetivo de criar uma política nacional atualizada que irá auxiliar melhor as fabricantes de automóveis na implantação de seus carros autônomos nas ruas. Atualmente, cada estado tem definido suas próprias regras de autocondução de veículos, o que tem apresentado problemas às montadoras ao lidar com múltiplos conjuntos de regulamentos, muitas vezes até desconhecidos por elas.

Um dos pontos altos para o incentivo do governo norte-americano às fabricantes está ligado a segurança e as mortes no trânsito. De acordo com Foxx, apenas em 2015 mais de 34 mil pessoas morreram em acidentes de trânsito nos EUA. "As ações tomadas hoje e aquelas que perseguiremos nos próximos meses vão criar a base e abrir o caminho para que fabricantes, autoridades e consumidores possam se valer dessas tecnologias em todo seu potencial de segurança", declarou.

Via IGN

Assine nosso canal e saiba mais sobre tecnologia!
Leia a Seguir

Comentários

Newsletter Canaltech

Receba nossas notícias por e-mail e fique
por dentro do mundo da tecnologia!

Baixe já nosso app Fechar

Novidade

Extensão Canaltech

Agora você pode ficar por dentro de todas as notícias, vídeos e podcasts produzidos pelo Canaltech.

Receba notificações e pesquise em nosso site diretamente de sua barra de ferramentas.

Adicionar ao Chrome