Tudo o que você precisa saber para começar o dia (18/08)

Por Redação | em 18.08.2016 às 08h13 - atualizado em 18.08.2016 às 08h29

Resident Evil 7

Esta é uma excelente semana para quem é apaixonado por jogos. Começou nesta quarta-feira (17) a Gamescom, a maior feira de jogos aberta ao público do mundo na cidade alemã de Colônia. E, como não poderia deixar de ser, as empresas estão aproveitando o início do evento para trazer muitas novidades. Foi o caso da Capcom, que decidiu começar a feira com o pé direito e trouxe nada menos do que mais um trailer de jogabilidade do aguardado Resident Evil 7 biohazard. O vídeo segue repleto de muito mistério e dentro daquele clima sombrio que vimos na primeira demonstração, com a diferença de que agora sabemos um pouco mais da história. A empresa detalhou quem são as pessoas que seguem o jogador e até sugeriu que a personagem que é controlada no novo vídeo pode ser alguém conhecido dos fãs — mas quem? Além disso, surgiram mais algumas imagens que reforçam o tom ameaçador do novo jogo e deixam claro que Resident Evil voltou a ser um game de terror.

Já no mercado mobile, Apple e Microsoft voltam a trocar farpas após a desenvolvedora do Windows cutucar a rival em um novo comercial do Surface Pro 4. O vídeo satiriza uma propaganda veiculada pela Maçã no início do mês, quando perguntava o que era um computador para promover seu iPad Pro e mostrar ao público que o tablet poderia ser um excelente substituto para o seu PC, principalmente com o Smart Keyboard, que deu um teclado ao gadget. Porém, a Microsoft decidiu ir para a briga. Em um comercial chamado “O que é um computador? Pergunte à Cortana”, ela coloca as duas assistentes de voz para conversar. Enquanto a Siri se considera um computador por ter recebido um teclado, a Cortana mostra que o Surface Pro 4 tem muito mais recursos que o aproximam de um PC como conhecemos, destacando cada um desses pontos. É algo bem engraçado de se ver, ainda mais quando lembramos que esse tipo de ataque a marcas rivais não é permitido no Brasil.

Falando de algo um pouco mais sério, uma nova falha de segurança foi encontrada em sistemas Linux e pode afetar quase 80% dos smartphones Android em circulação. O problema permitiria que um hacker interceptasse e espionasse informações trocadas entre o aparelho e a internet quando essa comunicação acontece sem criptografia. E, para obter sucesso, basta que ele possua o endereço IP da vítima, algo facilmente obtido por meio de redes Wi-Fi públicas, por exemplo. De acordo com os autores da descoberta, a brecha é considerada de gravidade média e pode afetar todos os usuários do Android que utilizem alguma versão a partir da 4.4 KitKat. Em outras palavras, 1,4 bilhão de aparelhos estão vulneráveis a esse tipo de ataque — incluindo aqueles com o novo Android 7.0, já que ele permanece até na Beta do Nougat. Segundo especialistas, a falha oferece mais risco às empresas, que muitas vezes utilizam sistemas não criptografados em suas comunicações, o que abre espaço para espionagem industrial e roubo de dados sensíveis aos seus negócios.

Resident Evil 7Com clima tenso do começo ao fim, terror está de volta no novo trailer de Resident Evil 7 biohazard

Já no lado positivo do mercado móvel, o banco Itaú se tornou a primeira instituição financeira a permitir que seus clientes abram uma conta diretamente pela tela de seus smartphones no Brasil. Para isso, a empresa disponibilizou um aplicativo dedicado à ação, facilitando todo o processo e fazendo com que você não precise perder sua tarde indo até a uma agência apenas para fazer isso. Para dar conta das pequenas burocracias da vida, o app pede para que o usuário envie fotos de documentos e comprovantes de residência que confirmem a autenticidade da conta e, feito isso, está tudo pronto. Depois, é só mandar uma selfie para provar que você é você mesmo e criar uma senha. Por enquanto o Abreconta está disponível para iOS, mas a versão para Android deve ser liberada já nas próximas semanas.

Para finalizar, temos o sucesso das Olimpíadas nas redes sociais. O brasileiro segue mostrando que não há ninguém à sua altura em termos de fazer piada e até mesmo as modalidades mais obscuras se tornam alvo de torcidas apaixonadas. E, quando perde, a coisa fica realmente feia. Foi o que aconteceu após a derrota da seleção feminina de vôlei para a equipe da China. A decepção com o resultado foi tão grande que muita gente correu para o Twitter reclamar e dizer que a vingança ao país asiático viria da pior forma possível: cancelando pedidos feitos pelo AliExpress, jogando fora produtos “Made in China” e várias outras medidas drásticas que mostram como a gente sabe lidar muito bem com a derrota.

Além disso, com a classificação da seleção masculina de futebol para a final, vamos acabar enfrentando mais uma vez a Alemanha e o fantasma do 7x1 pairou sobre a internet, que não soube lidar com a notícia e foi à loucura antes mesmo do jogo acontecer. Se os preparativos para a partida já estão engraçadíssimos, imagine como a internet vai ficar durante o jogo de verdade, independentemente do resultado.

Assine nosso canal e saiba mais sobre tecnologia!
Leia a Seguir

Comentários

Newsletter Canaltech

Receba nossas notícias por e-mail e fique
por dentro do mundo da tecnologia!

Baixe já nosso app Fechar

Novidade

Extensão Canaltech

Agora você pode ficar por dentro de todas as notícias, vídeos e podcasts produzidos pelo Canaltech.

Receba notificações e pesquise em nosso site diretamente de sua barra de ferramentas.

Adicionar ao Chrome