Tudo o que você precisa saber para começar o dia (06/09)

Por Redação | em 06.09.2016 às 08h06 - atualizado em 06.09.2016 às 08h17

Controle Xbox

O momento mais aguardado dos últimos meses finalmente chegou. Depois de um longo período sem um mísero feriado para alegrar nossas pobres vidas, finalmente estamos às vésperas de um, o que faz com que esta terça-feira ganhe ares de sexta com a promessa de um descanso a mais. Só que, mesmo com o feriado à nossa porta, as novidades não param de chegar — incluindo algumas muito boas.

No Brasil, por exemplo, a Microsoft anunciou que os donos de um Xbox 360 podem usar o seu velho console para conseguir um desconto na compra de um Xbox One novo. Segundo a empresa, dependendo do estado do aparelho, os usuários podem ganhar descontos de até R$ 500, o que já garante alguns jogos a mais para o seu recém-adquirido sistema. As trocas poderão ser feitas já a partir de novembro e serão válidas em todas as revendas oficiais — inclusive aquelas pela internet. E, se tudo der certo, a Microsoft já sinalizou que pode ampliar esse sistema de trocas também para a concorrência, aceitando PlayStation 3 por desconto em um Xbox One. Porém, isso só no futuro mesmo.

Voltando à treta do momento, o caso Bel Pesce segue dando muito o que falar. Depois de ser acusada de ser apenas uma “empreendedora de palco”, a história da “Menina do Vale” segue cheia de interrogações e polêmicas. Isso porque nem mesmo aqueles que deveriam esclarecê-la parecem ter uma resposta certa. Questionado sobre a participação da garota na fundação da Lemon, um dos fundadores da empresa disse em uma entrevista que Pesce não participou da criação da companhia. Segundo Wences Casares, a empreendedora entrou na companhia em 2013, sendo que a empresa foi criada em 2011. Em outras palavras, ela trabalhou lá, mas não a fundou. Mas Casares logo voltou atrás e disse que Bel havia entrado com um pedido para ser uma das cofundadoras ainda em 2011, o que foi aceito por todos da equipe. Em outras palavras, ninguém sabe mesmo o que diabos está acontecendo. Nem mesmo mais os diversos diplomas do MIT ela diz ter.

Deixando essa confusão de lado e indo para os terrenos da Apple, a empresa parece ter recebido um ânimo extra para as vendas do iPhone 7. Às vésperas de anunciar o aparelho, um relatório vazado mostra um crescimento de 10% nos componentes necessários para a produção do smartphone, o que chamou bastante a atenção do mercado. Afinal, por que a Apple está preocupada em acelerar a fabricação em cima da hora? Há quem diga que é apenas uma aposta no entusiasmo do público em relação às novidades mostradas, o que vai resultar em um aumento nas vendas e a empresa deve estar preparada para isso. Por outro lado, o recente recall do Galaxy Note7 anunciado pela Samsung por conta de um problema em sua bateria é outra aposta bastante crível. Se isso for real, a Apple está apostando exatamente na imagem negativa que ficou sobre a concorrente para promover seu novo aparelho, acreditando que muita gente vai correr do Galaxy explosivo para o novo iPhone — principalmente após algumas operadoras americanas anunciarem que vão oferecer o reembolso para quem fez a pré-compra do Note7.

iPhone 7 pretoApós problemas com Galaxy Note 7, Apple teria aumentado a produção do novo iPhone 7. Será?

Ainda falando do iPhone 7, outra boa notícia para os fãs da Apple vem de um novo rumor que aponta a presença de um processador diferente do esperado A10 e que teria desbancado toda a concorrência durante um teste de benchmark. Apenas para ter uma ideia, o desempenho apresentado no modelo de 5,5 polegadas representava mais que o dobro do obtido pelo Exynos 8890 presente no Galaxy Note7, considerado o mais potente entre os smartphones da Samsung. Além disso, os resultados mostram um avanço enorme em relação ao que a própria Apple já tinha apresentado com o iPhone 6s, o que colocaria o novo iPhone 7 Plus como o dispositivo mais poderoso do mercado no momento. Isso porque o benchmark foi feito em um aparelho com apenas 2 GB de RAM, sendo que alguns rumores afirmam que a Apple vai trazer 3 GB — uma diferença que certamente deixaria os resultados ainda mais assombrosos.

Por fim, temos a repercussão do acidente envolvendo a explosão da nave de Elon Musk na última semana. Após o bilionário dizer que o acidente aconteceu por conta de uma anomalia no sistema de abastecimento do foguete, a empresa proprietária do satélite pede uma indenização pelos danos causados pela explosão. Segundo a Spacecom, o satélite perdido no evento custava nada menos do que US$ 200 milhões e agora ela pede nada menos do que US$ 50 mi para compensar o prejuízo. O curioso foi que a companhia ofereceu ainda uma alternativa um pouco mais em conta. Caso a SpaceX de Musk leve um segundo satélite para o espaço de graça, a dívida está perdoada. Para isso, a Spacecom coletará mais US$ 200 milhões para construir o chamado AMOS-6. Em compensação, todo o ocorrido afetou bastante a confiança dos investidores na companhia, resultando em uma queda de 34% no valor de suas ações.

Além disso tudo, vale lembrar que teremos nesta quarta-feira (07) o anúncio do iPhone 7 e também o PlayStation Meeting, evento da Sony no qual serão mostrados o PS4 Slim e possivelmente o PS4 Neo. E você confere tudo aqui. Mesmo sendo feriado, o Canaltech vai seguir com a cobertura para que você tenha todas as novidades e continue por dentro de tudo mesmo quando o Brasil estiver parado. Não deixe de conferir!

Assine nosso canal e saiba mais sobre tecnologia!
Leia a Seguir

Comentários

Newsletter Canaltech

Receba nossas notícias por e-mail e fique
por dentro do mundo da tecnologia!

Baixe já nosso app Fechar

Novidade

Extensão Canaltech

Agora você pode ficar por dentro de todas as notícias, vídeos e podcasts produzidos pelo Canaltech.

Receba notificações e pesquise em nosso site diretamente de sua barra de ferramentas.

Adicionar ao Chrome