Tudo o que você precisa saber para começar o dia (03/05)

Por Redação | em 03.05.2017 às 07h55

Windows 10 S

Não é porque esta semana já começa mais curta que as novidades vão deixar de aparecer ou vir em menor quantidade. Na verdade, é nesse momento que a gente percebe o quanto o mundo da tecnologia não para e basta uma única bobeada para que as notícias se transformem em uma avalanche de informação pronta para engoli-lo.

Exemplo disso é que, enquanto você ainda estava se acostumando com o fim do feriado, a Microsoft foi ali e já anunciou um novo sistema operacional. Na verdade, o Windows 10 S seria uma espécie de versão alternativa e mais simples de seu irmão mais velho, desta vez voltado para estudantes e ambientes escolares. O objetivo da empresa é bater de frente com o Chrome OS e os Chromebooks, com os quais o Google vem conquistando um mercado importante em todo o mundo. Para isso, a Microsoft criou uma versão mais leve de seu sistema, totalmente baseada em aplicativos da Windows Store. Além disso, ela revelou ainda o Surface Laptop, um novo notebook que já chega às lojas com o Windows 10 S e com uma configuração bem interessante.

Outra boa notícia para os apaixonados por ficção-científica, mangás e super-heróis é que a Amazon decidiu declarar que maio será o mês dos geeks e nerds. A rede varejista confirmou que teremos uma série de promoções e descontos especiais em livros e quadrinhos relacionados ao universo nerd, já que maio é a época do ano mais especial para esse público, seja pelo Dia de Star Wars ou pelo Dia da Toalha. Na verdade, a comemoração dessas datas já é algo tradicional dentro de várias redes de e-commerce, que sabem o quanto esse público é apaixonado por suas séries e franquias favoritas e está disposto a pagar por conteúdo relacionado. A diferença, contudo, é que a Amazon decidiu ser mais esperta e fazer com que essa comemoração se estenda ao longo de todo o mês, trazendo descontos de até 70% em alguns casos, além de frete grátis para algumas regiões. É uma ótima forma de começar o mês — só cuidado para não perder o controle de seu cartão de crédito.

Porém, se isso acontecer, saiba que você ainda poderá andar de Uber pela sua cidade sem complicações. Depois de muito tempo ouvindo reclamações e pedidos dos usuários, a empresa finalmente liberou o uso de cartões de débito no Brasil. E, ao contrário do que você pode imaginar, a nova modalidade de pagamento também descarta a velha maquininha, sendo toda realizada pelo aplicativo, assim como já acontece no crédito. De acordo com a Uber, a implementação do novo recurso dependeu de parcerias entre a empresa e instituições bancárias. Por isso, o suporte ainda é limitado a cartões do Bradesco e Banco do Brasil com bandeira Visa, ou plásticos do Santander emitidos pela MasterCard. A companhia promete ampliar a lista de suporte ao longo dos próximos meses. Segundo a Uber, ampliar os modos de pagamento é uma forma de atrair novos usuários para o serviço. No ano passado, a empresa já havia liberado o pagamento em dinheiro exatamente pelo mesmo motivo.

Surface Laptop é o novo computador da Microsoft que já chega ao mercado com o Windows 10 S

Porém, nem tudo é motivo de alegria nessa vida tecnológica. Na verdade, em alguns casos, há também preocupação, principalmente quando as fotos que você enviou para aquele serviço de relacionamento acabam vazando. Pois foi exatamente o que aconteceu com o Tinder. O popular aplicativo usado para paqueras teve um grave problema de segurança que expôs cerca de 40 mil imagens de seus usuários, a grande maioria localizada na região da Califórnia, nos Estados Unidos. Segundo a empresa, nenhuma informação pessoal foi roubada. A falha foi descoberta por um programador que decidiu se aproveitar do problema existente no Tinder para desenvolver sua própria pesquisa. Ele criou um programa que baixava todas as imagens presentes no banco de dados de serviço e utilizou esse mar de informações para evoluir suas pesquisas em inteligência artificial e machine learning. Ele diz estar estudando as maneiras usadas pelas máquinas para reconhecer rostos humanos, e viu no app de encontros a melhor maneira de obter um banco de dados compreensivo de imagens faciais. Ainda assim, o Tinder não gostou nada do ocorrido e notificou o pesquisador para que ele apagasse o conteúdo roubado.

Por fim, o Facebook finalmente decidiu explicar uma das mudanças mais polêmicas de sua rede social: por que diabos o botão Compartilhar sumiu de algumas publicações? Vários usuários já haviam notado que a função simplesmente desapareceu de algumas publicações e algumas teorias da conspiração até chegaram a ser formadas, apontando uma suposta manipulação de conteúdo. Porém, segundo a empresa de Mark Zuckerberg, a explicação é um pouco mais terrena e pé no chão. Na verdade, a justificativa oficial é que se trata apenas de uma nova opção de privacidade, fazendo que com a opção de compartilhamento esteja disponível somente em publicações que sejam liberadas para todo o público. Segundo um porta-voz da empresa, não faz sentido oferecer a possibilidade quando o criador daquele conteúdo já marcou a postagem como algo que ele quer mostrar apenas aos seus amigos ou a um grupo específico de pessoas. Assim, a companhia espera entregar mais autonomia aos usuários na hora de delimitar o alcance de seu conteúdo.

Assine nosso canal e saiba mais sobre tecnologia!
Leia a Seguir

Comentários

Newsletter Canaltech

Receba nossas notícias por e-mail e fique
por dentro do mundo da tecnologia!

Baixe já nosso app Fechar

Novidade

Extensão Canaltech

Agora você pode ficar por dentro de todas as notícias, vídeos e podcasts produzidos pelo Canaltech.

Receba notificações e pesquise em nosso site diretamente de sua barra de ferramentas.

Adicionar ao Chrome