Suposto ladrão de banco de Bitcoins cria loteria online

Por Redação | em 05.08.2016 às 19h02

Bitcoins

Um caso digno de um filme está se desenrolando na internet neste momento. Apenas dias depois de uma invasão ao Bitfinex, um dos principais câmbios de Bitcoins da Ásia, um usuário misterioso, que se diz responsável pelo roubo, promete distribuir parte da bolada para um sortudo. É uma oportunidade, afirma ele, de mudança de vida para um felizardo, que será conhecido na próxima quarta-feira (10). 

A história começa no dia 2 de agosto, quando uma invasão não-autorizada ao Bitfinex limpou completamente seus cofres virtuais. De acordo com os responsáveis pelo serviço, cerca de US$ 65 milhões em moedas virtuais dos clientes desapareceram completamente, e como em outros casos do tipo, parece improvável que a empresa seja capaz de ressarcir os afetados, que deverão assumir o gigantesco prejuízo.

24 horas depois, no Reddit, o suposto hacker se pronunciou, afirmando que faria mil moedas para um felizardo que deixasse a identificação de sua carteira nos comentários. Ele não forneceu informações adicionais que provassem sua participação no roubo, além de seu nome de usuário, “rekcahxfb”, que ao contrário, é “bfx hacker”. Nada disso, entretanto, impediu que mais de quatro mil pessoas se inscrevessem para participar do sorteio.

A única coisa que se sabe é que o responsável pela loteria surpresa possui os fundos que promete entregar. Entretanto, a identidade publicada por ele como sua tem exatamente mil moedas – um valor equivalente a R$ 1,9 milhão –, mas elas foram transferidas há três anos. Ou seja, não é exatamente o dinheiro obtido no roubo, o que tornou as coisas ainda mais esquisitas.

Quando não existem informações concretas, é claro, abre-se amplo espaço para especulações. Uma das teorias nas quais apostam os usuários é de que se trataria de uma espécie de lavagem de dinheiro, e o responsável pelo roubo, sabendo que poderia estar na mira das autoridades, estaria pulverizando a quantia. O vencedor, no fim das contas, não seria um membro da comunidade, mas sim uma conta própria ou de um associado, tornando o rastreio das moedas furtadas muito mais difícil.

Outra teoria é semelhante a essa, mas tem a ver com roubos mais antigos. O responsável pelo sorteio pode até ser um hacker, mas estaria envolvido em invasões de três anos atrás, e agora, encontrou um caminho para pulverizar as moedas e transferir a culpa para outra pessoa. A verdade pode nunca ser conhecida, mas pelo menos, sabe-se que alguém pode ficar mais rico em alguns dias – ou não. Resta aguardar para ver.

Fonte: Motherboard

Assine nosso canal e saiba mais sobre tecnologia!
Leia a Seguir

Comentários

Newsletter Canaltech

Receba nossas notícias por e-mail e fique
por dentro do mundo da tecnologia!

Baixe já nosso app Fechar

Novidade

Extensão Canaltech

Agora você pode ficar por dentro de todas as notícias, vídeos e podcasts produzidos pelo Canaltech.

Receba notificações e pesquise em nosso site diretamente de sua barra de ferramentas.

Adicionar ao Chrome