China formaliza novas regras para a indústria de live streaming do país

Por Redação | em 04.11.2016 às 08h43 - atualizado em 04.11.2016 às 11h16

Smartphones na China

Autoridades chinesas de internet formalizaram, nesta sexta-feira, 4, regras polêmicas que regulam a indústria de live streaming de vídeo do país, com duras medidas de vigilância em empresas líderes do segmento. A nova regulação deve entrar em vigor no dia 1º de dezembro.

As regras exigem que serviços de streaming registrem dados e conteúdo de usuários por 60 dias e trabalhem em conjunto com reguladores para fornecer informações sobre aqueles que transmitem conteúdo que o governo considera uma ameaça para a segurança nacional ou ordem social. Tanto os usuários quanto os provedores serão punidos de acordo com o novo regulamento.

A lei também codifica regras que proíbem os serviços de transmissão de notícias online a partir de relatórios originais, exigindo que os mesmos identifiquem fontes e reproduzam seletivamente informações sancionadas pelo estado.

A indústria de streaming de vídeo ao vivo da China tem crescido rapidamente nos últimos dois anos. Analistas do Credit Suisse Group estimam que o setor pode movimentar US$ 5 bilhões até o fim de 2017, impulsionado pela largura de banda barata e a crescente população de jovens usuários móveis.

Fonte: Reuters

Assine nosso canal e saiba mais sobre tecnologia!
Leia a Seguir

Comentários

Newsletter Canaltech

Receba nossas notícias por e-mail e fique
por dentro do mundo da tecnologia!

Baixe já nosso app Fechar

Novidade

Extensão Canaltech

Agora você pode ficar por dentro de todas as notícias, vídeos e podcasts produzidos pelo Canaltech.

Receba notificações e pesquise em nosso site diretamente de sua barra de ferramentas.

Adicionar ao Chrome