Vídeo mostra momento exato do acidente de carro da Google com ônibus

Por Redação | em 10.03.2016 às 08h45

Carro Google

Apesar do Google insistir em seu carro autônomo como o futuro das estradas, isso não quer dizer que o veículo sem motorista é à prova de falhas. Na verdade, o automóvel independente roubou as cenas na última semana após ter se envolvido em um acidente com um ônibus, provando que o software de direção ainda não é perfeito como a empresa quer nos fazer acreditar.

Contudo, depois de todo o burburinho causado pela colisão entre os dois veículos, as imagens de como tudo aconteceu foram liberadas e mostram que a tal batida nada mais foi do que um simples encontro. O vídeo gravado pela câmera de segurança do coletivo mostra exatamente a manobra que o carro da Google tentou e registra também o momento do choque, assim como a reação das pessoas com o ocorrido. E o resultado é bem diferente daquele que muitos imaginavam.

Como pode ser visto na gravação abaixo, tudo é muito rápido e discreto a ponto de você mal perceber o que aconteceu. Primeiro, o veículo autônomo começa sua movimentação para trocar de pista, entrando na faixa da esquerda. Embora ele tenha dado o sinal de luz que indica sua intenção, parece que o sistema que gerencia sua inteligência artificial não foi capaz de identificar o ônibus que vinha logo atrás do utilitário. Isso fez com que o carro da Google batesse em sua lateral.

É o típico acidente bobo que acontece todos os dias em qualquer cidade do mundo, com algum motorista fechando o outro e eventualmente colidindo lateralmente, mas sem grandes danos além de um pequeno amassado ou aranhão aqui e ali. Tanto que, quando vemos a câmera interna, chega a ser difícil identificar o momento do encontro. Só com um pouco mais de atenção você percebe o momento em que o automóvel independente bate contra a porta, fazendo uma leve pressão para dentro.

Talvez a maior repercussão do caso tenha acontecido exatamente pelo susto que os passageiros tiveram com tudo. Por mais que o ocorrido não tenha sido grave e nem machucado ninguém, muita gente se espantou com a colisão, principalmente aqueles que estavam ao lado da porta e sentiram o impacto e ouviram o barulho. Afinal, presenciar qualquer tipo de acidente já é algo bem difícil e deve ser ainda mais estranho quando é com um carro sem motorista.

De novo, não deixa de ser um acidente e isso é algo que precisa ser melhorado pelo Google para que não volte a se repetir. O fato de o seu carro estar circulando a uma velocidade de 3 km/h ajudou bastante a minimizar os estragos, mas ele não pode circular tão lento assim pelas ruas e, caso estivesse um pouco mais rápido, poderia ter um desfecho bem diferente. Então, não se trata apenas de um toquezinho banal em um ônibus, mas de uma falha perigosa e que não deve mais ocorrer caso a ideia seja mesmo acelerar os planos de trazer veículos autônomos ao mercado.

Via: Global News (YouTube) 

Assine nosso canal e saiba mais sobre tecnologia!
Leia a Seguir

Comentários

Newsletter Canaltech

Receba nossas notícias por e-mail e fique
por dentro do mundo da tecnologia!

Baixe já nosso app Fechar

Novidade

Extensão Canaltech

Agora você pode ficar por dentro de todas as notícias, vídeos e podcasts produzidos pelo Canaltech.

Receba notificações e pesquise em nosso site diretamente de sua barra de ferramentas.

Adicionar ao Chrome