Google quer ajuda da internet para melhorar reconhecimento de sotaques

Por Redação | em 17.08.2016 às 15h59

Google apps

Muita gente acredita que sistemas de reconhecimento de voz como a Siri e o Ok Google não funcionam muito bem, e isso é verdade. E um dos principais motivos para essa dificuldade de detecção está nos sotaques, com a inteligência artificial simplesmente sendo incapaz de abranger todas as possibilidades regionais e diferentes formas de se falar uma mesma língua. Algo que, agora, a própria gigante das buscas deseja mudar, contando com uma bela ajuda da internet.

Por meio da rede social Reddit, o Google está contratando pessoas para falarem frases pré-prontas em diferentes idiomas e variações, de forma a “ensinar” sua inteligência artificial a reconhecer melhor os sotaques. As propostas aparecem em três fóruns dedicados à publicação de vagas para quem deseja trabalhar como freelancer, ou até mesmo sem sair de casa.

Ainda em suas fases iniciais, o programa, por enquanto, tem procurado homens e mulheres da Escócia e outros países do Reino Unido para a gravação de pacotes idiomáticos. Para pessoas até 17 anos, por exemplo, é oferecido um conjunto de 500 expressões, que pagam £ 20 (cerca de R$ 85) e tem duração média de 45 minutos. Os adultos já contam com grupos maiores, de 2.000 frases e com pagamento de £ 27, pouco mais de R$ 110. Os prazos para entrega do conteúdo variam de alguns dias até poucas semanas.

Os escoceses, por exemplo, são um dos povos que mais sofrem com as diferenças regionais na detecção de idiomas. Devido ao fato de que os assistentes, muitas vezes, falam o inglês como na Inglaterra, sistemas como a Siri e o Ok Google simplesmente são incapazes de entender o forte sotaque da região, em um problema que chegou a se tornar uma piada entre humoristas locais. É daí mesmo que vem o trabalho do Google, que está sendo conduzido por uma empresa chamada Appen, especializada em sistemas de reconhecimento de voz.

As vagas, entretanto, parecem ter sido postadas antes da hora combinada, pois mesmo com muitos interessados, as postagens acabaram sumindo. A companhia responsável pelo trabalho chegou a entrar em contato com a imprensa afirmando não saber se o cliente que solicitou o trabalho realmente era o Google, mas as frases relacionadas à empresa e seu sistema de buscas e assistente virtual não faziam muita questão de esconder isso.

O Google também não se pronunciou sobre o assunto, e não há como saber se as vagas regionais também surgirão para outros países. No Brasil, o problema com sotaques é menor, mas ainda assim, pode ser sentido tanto no iOS quanto no Android. Resta esperar para saber se as propostas também chegarão à nossa terra.

Fonte: Quartz

Assine nosso canal e saiba mais sobre tecnologia!
Leia a Seguir

Comentários

Newsletter Canaltech

Receba nossas notícias por e-mail e fique
por dentro do mundo da tecnologia!

Baixe já nosso app Fechar

Novidade

Extensão Canaltech

Agora você pode ficar por dentro de todas as notícias, vídeos e podcasts produzidos pelo Canaltech.

Receba notificações e pesquise em nosso site diretamente de sua barra de ferramentas.

Adicionar ao Chrome