Google anuncia o novo Chromecast

Por Felipe Demartini RSS | em 29.09.2015 às 14h07 - atualizado em 02.10.2015 às 12h07

Chromecast

Nem só de Android e Nexus vive o Google. Em evento realizado no início da tarde desta terça-feira (29), o gigante também anunciou a segunda geração do Chromecast, seu dongle de conteúdo capaz de transformar qualquer televisão com entrada HDMI em uma smart TV. O aparelhinho chega agora em versões coloridas e com novas tecnologias em relação ao antecessor.

O design é a principal novidade aqui. Na segunda geração do Chromecast, a aparência de pendrive é substituída por um estilo circular, em três opções de cores – amarelo, preto e vermelho. Lembra um disco de hockey, com a aparência remetendo também ao Nexus Player, o set-top box lançado no ano passado e que não teve tanta tração quanto a fabricante gostaria.

Chromecast

O mesmo, porém, não se aplicou ao Chromecast. Se o anúncio de uma nova geração de aparelhos não é prova suficiente de seu sucesso, o Google também anunciou a marca de 20 milhões de unidades vendidas do dispositivo, tornando-o o produto de streaming de entretenimento mais vendido do mundo.

Melhorias na conectividade Wi-Fi também fazem parte do pacote, com uma antena incrementada e algoritmos capazes de detectar mudanças de frequência e interferências de forma a otimizar o uso. O objetivo final é evitar as interrupções de sinal e garantir uma experiência ininterrupta de consumo de conteúdo, sem as inconvenientes pausas para carregamento.

Tudo pelo entretenimento

Novos aplicativos, do próprio Google ou de parceiros, também estão chegando ao dispositivo. No evento, por exemplo, a empresa anunciou a integração de seu app Fotos ao dongle de conteúdo, permitindo que as imagens sejam exibidas em tela cheia no aparelho, estejam elas apenas nele ou na nuvem. Outros nomes confirmados são Facebook, Spotify e Flickr, além da NBA e da NFL, tudo a partir de seus apps oficiais.

Além disso, o Chromecast vai receber um aplicativo dedicado à descoberta de conteúdo, algo que também estava faltando. Por meio de um algoritmo que detecta os aplicativos compatíveis instalados no dispositivo, o software é capaz de mostrar as atrações de destaque em cada um dos serviços, facilitando a busca do que assistir.

Chromecast

Além disso, é possível fazer uma busca por voz ou texto por termos, títulos e outras características, com o software exibindo em quais serviços o programa, filme ou série em questão pode ser assistido. Listas de reprodução também podem ser criadas, permitindo também que o usuário salve descobertas interessantes para assistir depois, por exemplo.

Uma nova tecnologia, chamada Fast Play, também deve facilitar a vida dos maratonistas de seriados. Disponível inicialmente na Netflix e mais tarde em outros parceiros de conteúdo do Google, o sistema utiliza algoritmos de previsão para carregar previamente trechos iniciais de filmes e séries que o usuário pode desejar assistir, aumentando a velocidade de carregamento e iniciando o show escolhido quase imediatamente após o clique.

O lançamento, por enquanto, está previsto em 17 países, não especificados, por US$ 35, cerca de R$ 140. Por aqui, a primeira geração do dispositivo de entretenimento chegou por R$ 199, mas com o dólar em alta, pode ser razoável esperar um valor maior do que esse. Nos Estados Unidos, por exemplo, o dispositivo chega às lojas ainda nesta terça.

O retorno do vinil, quase

Chromecast Audio

A família Chromecast também ficou maior nesta terça. Durante o evento, o Google revelou também o Chromecast Audio, que como o nome já indica, faz a mesma coisa que a versão original, mas para os amantes da música. Aqui, a ideia é facilitar a criação de um sistema sonoro caseiro a partir de qualquer caixa de som que tenha uma saída P2.

O aparelho se conecta por meio do Wi-Fi a smartphones e tablets, permitindo que o usuário coloque a música para tocar à distância. Mais do que isso, as unidades do Chromecast Audio podem conversar entre si, fazendo com que, por exemplo, caixas de som na cozinha, sala e jardim emitam o mesmo som, uma grande ajuda para quem gosta de dar festas em casa.

Tudo funciona a partir de faixas baixadas ou serviços de streaming, sem limitações, uma vez que é o próprio áudio do aparelho que é transferido para as caixas de som. Basta que todos os dispositivos estejam conectados a uma mesma rede sem fio para que a magia aconteça.

Chromecast Audio

Além disso, o sistema funciona de forma diferente de uma simples conexão do aparelho a uma caixa de som. Notificações, ligações e outras usabilidades do celular, por exemplo, não tem o áudio reproduzido no sistema, e a música continua a tocar mesmo quando o usuário estiver utilizando tais funcionalidades. O Chromecast Audio também tem suporte ao controle por meio do Android Wear e uma função que permite a convidados controlarem a playlist, mesmo que não possuem sua senha do Wi-Fi.

O Chromecast Audio custa o mesmo que seu irmão maior, US$ 35, ou aproximadamente R$ 140. Uma data de lançamento, porém, não foi revelada. 

Assine nosso canal e saiba mais sobre tecnologia!
Leia a Seguir

Comentários

Newsletter Canaltech

Receba nossas notícias por e-mail e fique
por dentro do mundo da tecnologia!

Baixe já nosso app Fechar

Novidade

Extensão Canaltech

Agora você pode ficar por dentro de todas as notícias, vídeos e podcasts produzidos pelo Canaltech.

Receba notificações e pesquise em nosso site diretamente de sua barra de ferramentas.

Adicionar ao Chrome