Recordista anterior de Donkey Kong recupera o título com 1,218 milhão de pontos

Por Redação | em 11.05.2016 às 23h30

jump man

A contagem de headshots das atuais gerações de games às vezes dá espaço para velharias desafiadoras que, na verdade, parecem jamais sair de moda. Prova disso é Donkey Kong, clássico do Nintendo 8-bits que fomenta atualmente novas competições mundo afora – com direito agora a um velho recordista que ressurge para reclamar a coroa perdida.

Em mais de três horas ininterruptas de barris saltados, bolotas de fogo "marteladas" e princesas genéricas salvas, Wes Copeland chegou à incrível pontuação de 1,218 milhão – conforme pode ser visto no vídeo abaixo, caso você tenha bastante tempo livre. “Essa será minha última pontuação”, atesta o sujeito em postagem no Facebook. “Eu não acredito que consiga uma pontuação mais alta do que essa.”

Uma boa dose de sorte

A despeito da inegável habilidade do Sr. Copeland para lidar com as travessuras do bom e velho “Kong”, isso jamais poderia ser tudo. Afinal, o que torna relativamente isolado o novo recorde é a inegável parcela de sorte do jogador em diversos momentos da epopeia.

Conforme apontaram alguns entusiastas dos fóruns do site ClassicArcadeGaming, embora ainda exista espaço para melhorias de desempenho, o que espera os desafiadores de Copeland não é nada menos do que uma tarefa hercúlea – e largamente dependente de elementos aleatórios... Ou a boa e velha sorte.

O jogador havia alcançado o recorde mundial em janeiro deste ano com 1,190 milhão de pontos. Não obstante, no último mês de abril o competidor Robbie Lakeman conseguiu superar a pontuação em 200 pontos.

Febre Donkey Kong

Embora o saudosismo seja cada vez mais presente na indústria do entretenimento eletrônico – justamente pela longa história acumulada -, fato é que os embates pelo recorde mundial de Donkey Kong têm uma origem bastante clara: o lançamento do documentário “The King of Kong” em 2007.

O longa-metragem conta a história do fanático pelo arcade Steve Wiebe, com sua obsessão por destronar o então imbatível Billy Mitchell. Curiosamente, Wiebe e Mitchell detêm atualmente a 18º e a 19º posição no ranking mundial de Donkey Kong. A coisa foi novamente reaquecida em 2015. No intervalo de apenas 24 horas, o recorde mundial de DK trocou de mãos duas vezes.

Fonte: YouTube, ClassicArcadeGaming.

Assine nosso canal e saiba mais sobre tecnologia!
Leia a Seguir

Comentários

Newsletter Canaltech

Receba nossas notícias por e-mail e fique
por dentro do mundo da tecnologia!

Baixe já nosso app Fechar

Novidade

Extensão Canaltech

Agora você pode ficar por dentro de todas as notícias, vídeos e podcasts produzidos pelo Canaltech.

Receba notificações e pesquise em nosso site diretamente de sua barra de ferramentas.

Adicionar ao Chrome