AirButton adiciona botões de atalho ao seu Android com NFC [Análise]

Por Adriano Ponte RSS | em 31.08.2016 às 21h10

Se você já pensou que alguns atalhos extras em seu dispositivo Android seriam bem úteis, então fique atento às próximas linhas. Nós testamos o AirButton, uma pequena peça que parece um recorte de uma capa plastificada de caderno e que adiciona duas teclas extras ao seu smartphone.

Ficou curioso? Aqui vai a análise completa do gadget.

Dois botões na traseira

A peça é pequena e tem um toque plástico com alguma textura, algo que fica visível quando a luz incide diretamente sobre ele. Ele é composto por duas elevações, dois botões que adicionam recursos extras ao seu portátil. Atrás da peça há um adesivo, o responsável por manter o AirButton preso ao seu smartphone. Para usá-lo, é preciso instalar o app AirButton em seu gadget, pois é ele que vai parear tudo.

O acessório funciona assim: você fixa o AirButton atrás do portátil, na região em que seu aparelho se comunica via NFC. Para descobrir a posição exata, deslize o botão sem tirar o adesivo pela parte de trás do smartphone até encontrar. Normalmente, este local é próximo à câmera do aparelho.

AirButton [análise]AirButton adiciona dois botões físicos para você realizar várias ações de forma facilitada no Android. (Foto: Canaltech)

Após este parágrafo, você deve ter entendido que para usar o AirButton é necessário que o seu aparelho tenha suporte para comunicação via NFC. Ele não opera com bateria, não precisa de fios e não se liga ao gadget via Bluetooth nem Wi-Fi — é NFC e só.

Depois de tudo fixado e configurado, lembre-se que será preciso manter o NFC ligado o tempo todo para que o AirButton funcione (isso deve aumentar o consumo de energia do portátil). Dessa forma, o acessório pode enviar pelas TAGs de proximidade dois comandos ao smartphone, um para cada botão.

A partir daí, a magia toda fica por conta do aplicativo. É nele que você vai selecionar a sequência de ações desencadeadas pela pressão em cada um dos dois botões. Por exemplo: ao apertar o botão direito, queremos que o aparelho ligue o Wi-Fi, desligue o Bluetooth e mude para o silencioso. Pronto, depois de definir esta sequência, é só apartar o botão uma única vez para que tudo aconteça ao mesmo tempo.

Obviamente que você pode definir uma única função para cada botão (como apenas ativar/desativar o Wi-Fi), mas a intenção era mostrar a possibilidade de criar uma sequência de ações de maneira fácil. Vale lembrar também que você decide qual ação será acionada por um botão e é possível alterá-la a qualquer momento, quantas vezes for necessário.

E nós bem que tentamos, mas o aplicativo do AirButton não reconhece mais do que dois botões ao mesmo tempo. Assim, não adianta você encher a traseira do seu smartphone com vários pares, pois apenas dois vão funcionar por vez. 

Sem capas e limitações do NFC

Este gadget é mais do que apenas um atalho para ações do Android. Ele é um método eficaz de eliminar da sua vida as capas de proteção que fazem tanto sucesso para salvar a vida do seu smartphone. O que queremos dizer aqui é o seguinte: este acessório foi pensado para ficar na parte traseira do portátil, logo boa parte das capas de proteção vão inutilizar o AirButton. Se você curte a ideia dos atalhos, então prepare-se para abrir mão da proteção das capas.

Apesar deste dispositivo não precisar de baterias e se fixar por meio de um adesivo, ele esbarra em pelo menos duas limitações do NFC. A primeira delas é o fato de esta tecnologia reagir após algum tempo de contato, ou seja, é preciso apertar e segurar o botão para que o AirButton interaja com o smartphone e o comando seja executado. Achou meio chato? Calma que piora.

AirButton [análise]Acessório é interessante, mas esbarra nas limitações do NFC. (Foto: Canaltech)

Não é regra, mas a grande maioria dos smartphones desativa o NFC quando a tela é desligada, principalmente se ela bloquear o seu aparelho. Enfim, será preciso desbloquear o display para que o NFC volte a operar normalmente. E adivinha quem sai prejudicado nessa história? Sim, o AirButton, que fica lá, inutilizado. Se você queria, por exemplo, sacar o celular do bolso e usar um dos botões para ativar a lanterna, terá que desbloquear o gadget antes disso, algo prejudicial ao viés da praticidade do acessório.

Vale a pena?

Nós entendemos na redação que o poder do AirButton não é apenas adicionar duas teclinhas ao seu celular. Para nós, ele abre uma possibilidade de automação bem interessante, permitindo que você realize inúmeras ações avançadas por meio de apenas um clique.

Então, o nosso veredito é que este é um acessório sensacional, mas que com certeza não atende a todos os públicos. Se você não usa uma capa de proteção em seu celular e deixa o NFC sempre ativo, esta pode ser uma boa escolha para automatizar algumas coisas. 

O problema é ter que desembolsar US$ 21 para isso, pois o AirButton só é vendido lá fora e tem uma pegada de plástico vagabundo. Neste sentido, talvez o Pressy seja uma opção mais qualificada. Ele apresenta as mesmas funções, é feito de metal e custa quase o mesmo preço (e fica sempre ativo!).

Assine nosso canal e saiba mais sobre tecnologia!
Leia a Seguir

Comentários

Newsletter Canaltech

Receba nossas notícias por e-mail e fique
por dentro do mundo da tecnologia!

Baixe já nosso app Fechar

Novidade

Extensão Canaltech

Agora você pode ficar por dentro de todas as notícias, vídeos e podcasts produzidos pelo Canaltech.

Receba notificações e pesquise em nosso site diretamente de sua barra de ferramentas.

Adicionar ao Chrome