Facebook diz que prisão de executivo no Brasil é "extrema e desproporcional"

Por Redação | em 01.03.2016 às 14h45

Diego Dzodan

A Polícia Federal prendeu nesta terça-feira (01) o vice-presidente do Facebook para a América Latina, Diego Jorge Dzodan. A ação foi realizada em resposta a uma ordem judicial emitida pela Justiça do estado de Sergipe após a recusa da empresa em entregar dados de usuários do WhatsApp para auxiliar em uma investigação. 

Em comunicado oficial, o Facebook lamentou a decisão da Justiça brasileira, taxando-a de extrema e desproporcional. De acordo com a empresa, o WhatsApp opera de forma separada da rede social, que sempre esteve à disposição das autoridades para cooperar com investigações e prestar esclarecimentos. O mensageiro foi comprado pela companhia de Mark Zuckerberg em 2014 por US$ 22 bilhões.

A ordem inicial foi emitida em dezembro, com a comarca de Lagarto, em Sergipe, solicitando que o Facebook entregue nomes de usuários relacionados a uma conta no mensageiro. Desde janeiro, por não ter cumprido a determinação, a rede social vinha recebendo multas diárias de R$ 50 mil, um valor que, em fevereiro, foi aumentado para R$ 1 milhão. Ainda assim, a empresa não cumpriu a solicitação, o que motivou na prisão de Dzodan.

Essa não é a primeira vez que o mensageiro se vê envolvido em problemas com a Justiça brasileira. Em dezembro, um juiz de São Bernardo do Campo, no estado de São Paulo, ordenou a suspensão do WhatsApp em todo território nacional por 48 horas. A derrubada efetivamente aconteceu, mas durou pouco mais de 12 horas. Também, há cerca de um ano, a comarca de Teresina, no Piauí, havia determinado a suspensão no acesso ao software, uma ordem que foi negada pelas operadoras de telefonia. Ambos os casos também estão relacionados à recusa da empresa em entregar dados para auxiliar em investigações.

Fonte: Gizmodo, Globo.com

Assine nosso canal e saiba mais sobre tecnologia!
Leia a Seguir

Comentários

Newsletter Canaltech

Receba nossas notícias por e-mail e fique
por dentro do mundo da tecnologia!

Baixe já nosso app Fechar

Novidade

Extensão Canaltech

Agora você pode ficar por dentro de todas as notícias, vídeos e podcasts produzidos pelo Canaltech.

Receba notificações e pesquise em nosso site diretamente de sua barra de ferramentas.

Adicionar ao Chrome