Todos os funcionários do Facebook terão 4 meses de licença paternal remunerada

Por Redação | em 26.11.2015 às 15h45

Facebook

O Facebook anunciou nesta quinta-feira (26) que vai estender a sua política de licença paternal a todos os seus funcionários em todos os países em que a companhia possui escritórios. A novidade passa a valer a partir de 1º de janeiro de 2016 e oferece ao menos quatro meses de licença remunerada para novos pais e mães.

A novidade vale para nascimentos e adoções e, obviamente, engloba também casais do mesmo sexo. E tudo passa a ser oferecido independentemente do que determinam as leis trabalhistas de cada país. Assim, tomando o caso do Brasil como exemplo, onde mães têm direito à licença remunerada de quatro meses e pais recebem dispensa do trabalho por somente cinco dias, homens e mulheres poderão dedicar a mesma quantidade de tempo nos cuidados com o bebê.

"Estamos comprometidos em proporcionar aos nossos funcionários os recursos que precisam para se sentirem apoiados, tanto no trabalho, quanto em casa, e acreditamos que o aumento da quantidade de tempo de licença remunerada é a coisa certa a fazer”, comenta a presidente de operações do Facebook Sheryl Sandberg. “Os novos pais, incluindo também os homens, devem ser capazes de criar elos com seus novos filhos desde os primeiros dias de sua existência”, complementa.

E a ação será retroativa, ou seja, todos os novos pais que tiveram um filho ou adotaram uma criança em 2015 e já eram funcionários do Facebook naquele momento, poderão receber o benefício estendido a partir do início do próximo ano.

Assine nosso canal e saiba mais sobre tecnologia!
Leia a Seguir

Comentários

Newsletter Canaltech

Receba nossas notícias por e-mail e fique
por dentro do mundo da tecnologia!

Baixe já nosso app Fechar

Novidade

Extensão Canaltech

Agora você pode ficar por dentro de todas as notícias, vídeos e podcasts produzidos pelo Canaltech.

Receba notificações e pesquise em nosso site diretamente de sua barra de ferramentas.

Adicionar ao Chrome