Novo algoritmo do Facebook deverá acabar com postagens sensacionalistas

Por Redação | em 04.08.2016 às 15h07

Facebook

Se você utiliza o Facebook com frequência, é normal se deparar com postagens que trazem informações distorcidas ou que exageram nas manchetes para ganhar cliques. Nesta quinta-feira (4), o Facebook anunciou que vai inibir estas postagens, conhecidas como clickbait (ou "isca de cliques", em tradução livre), através de seu novo algoritmo. Postagens com manchetes como "Criança desaparecida é encontrada dentro de cobra", "Veja o que aconteceu...", entre outras similares, deverão ganhar menos relevância no feed de notícias.

O novo algoritmo punirá toda página usar técnicas de clickbait, fazendo com que todas suas publicações e links tenham cada vez menos visibilidade. Segundo o vice-presidente de produtos do Facebook no Feed de Notícias, Adam Mosseri, "se um perfil postar 50 vezes por dia e apenas um clickbait, o novo algoritmo não deverá afetá-lo. Mas, se for um spammer e postar clickbait todos os dias, o novo algoritmo irá afetá-lo muito".

Felizmente, será possível reverter a situação caso o perfil ou página abandone a prática de postar clickbait. "O tráfego de referência vai se recuperar", disse Mosseri. A prática de clickbait é uma das que mais geram reclamações em relação ao Feed de Notícias. A mudança no algoritmo se alinha com as recém-anunciadas normas que devem deixar o feed mais autêntico e confiável.

"Um dos valores do Feed de Notícias é ter uma comunicação autêntica em nossa plataforma. A maioria das pessoas nos disseram que elas gostam de ver histórias autênticas. É por isso que nós trabalhamos duro para entender que tipo de histórias e mensagens as pessoas consideram genuínas, para que possamos mostrar mais delas no Feed de Notícias. Trabalhamos também para compreender quais tipos de histórias as pessoas consideram enganosas e spams", disseram Alex Peysakhovich, cientista de pesquisa, e Kristin Hendrix, pesquisadora de Experiência do Usuário, em uma postagem no Facebook.

Para ajudar os editores a terem uma boa experiência com o Facebook, a empresa publicou algumas dicas para evitar que o conteúdo seja classificado como clickbait. A rede social aconselha que ele evitem omitir informações importantes para enganar os leitores e também recomenda que evitem exageros nas manchetes. Se os esforços contra "iscas de cliques" funcionarem, isso pode aumentar o tráfego de referência para os editores legítimos, aumentando a confiança que os usuários da rede social tem em suas postagens.

Fonte: Facebook

Assine nosso canal e saiba mais sobre tecnologia!
Leia a Seguir

Comentários

Newsletter Canaltech

Receba nossas notícias por e-mail e fique
por dentro do mundo da tecnologia!

Baixe já nosso app Fechar

Novidade

Extensão Canaltech

Agora você pode ficar por dentro de todas as notícias, vídeos e podcasts produzidos pelo Canaltech.

Receba notificações e pesquise em nosso site diretamente de sua barra de ferramentas.

Adicionar ao Chrome