Facebook Lite atinge 100 milhões de usuários em todo o mundo

Por Redação | em 09.03.2016 às 11h17

Facebook Lite

O Facebook Lite atingiu nesta semana a marca de 100 milhões de usuários em todo o mundo. O total, de acordo com a empresa, torna a versão reduzida e econômica da rede social como seu aplicativo com maior crescimento, deixando para trás até mesmo a “edição oficial” do serviço e também softwares auxiliares como o Messenger. O total foi atingido em apenas nove meses, e somente no sistema operacional Android.

Também foi revelado que o Brasil está na lista dos cinco países que mais utilizam o Facebook Lite. Apesar de não ter colocado as nações em um ranking, a rede social afirma que o nosso país aparece ao lado da Índia, México, Filipinas e Indonésia como as nações cujos habitantes mais aderiram à novidade lançada em junho de 2015 e focada justamente em nações emergentes, onde a internet móvel ainda é cara e de velocidade reduzida, enquanto smartphones de topo de linha têm preços proibitivos para boa parte da população.

Facebook Lite

No Facebook Lite, isso se traduz em uma interface simplificada e com funções reduzidas, exibindo apenas as funções-chave da rede social. O aplicativo para Android tem menos de 1 MB e utiliza sistemas para um consumo mais inteligente da rede, aplicando compressão em imagens e recursos, além de permitir o uso do mensageiro diretamente na própria interface. O foco, como dá para imaginar, são os dispositivos mais antigos ou menos robustos, além das conexões mais lentas ou caras. A solução está disponível em 150 países pela Google Play e “fala” 50 idiomas.

Nesta quarta-feira (09), para comemorar a obtenção da marca, o Facebook está liberando a primeira grande atualização da versão Lite. Atendendo aos pedidos dos usuários, a empresa agora permite que o software reproduza e faça o upload de vídeos. Ele também ganha suporte a emojis, facilita a ampliação de fotos com um toque e permite que várias imagens sejam publicadas na rede de uma só vez a partir da memória do celular. O update, claro, é gratuito e deve ser liberado aos poucos, estando disponível para todos os usuários até o final da semana.

No caso dos vídeos, especificamente, o Facebook Lite apresenta um funcionamento bem diferente da versão normal da rede social. De forma a permitir que o usuário continue navegando pelo serviço, o clique em um clipe faz com que ele comece a ser carregado em segundo plano, e o sistema, por meio de uma notificação, informa quando ele está pronto para ser reproduzido. 

Fonte: Facebook

Assine nosso canal e saiba mais sobre tecnologia!
Leia a Seguir

Comentários

Newsletter Canaltech

Receba nossas notícias por e-mail e fique
por dentro do mundo da tecnologia!

Baixe já nosso app Fechar

Novidade

Extensão Canaltech

Agora você pode ficar por dentro de todas as notícias, vídeos e podcasts produzidos pelo Canaltech.

Receba notificações e pesquise em nosso site diretamente de sua barra de ferramentas.

Adicionar ao Chrome