SpaceX quer lançar um foguete a cada duas semanas

Por Redação | em 07.02.2017 às 21h04

SpaceX

Ninguém para a SpaceX, e se depender de seus planos, a companhia vai alcançar metas insanas a partir deste ano. A presidente da companhia de Elon Musk, Gwynne Shotwell, disse à Reuters que os planos são lançar um foguete para o espaço a cada duas ou três semanas, assim que a base de lançamento na Flórida ficar pronta, ou seja: na semana que vem. 

A companhia estabeleceu essa meta após a explosão do Falcon 9 logo após o lançamento no Cabo Canaveral, no ano passado. Agora, a nova base de lançamento está no Kennedy Space Center, plataforma da Nasa voltada à exploração espacial, localizada no norte do Cabo. Para se ter uma ideia, a nova base vai custar cerca de 100 milhões de dólares à SpaceX. 

Além de programar os novos lançamentos, vale lembrar também que a companhia está trabalhando em vários upgrades de design de seus foguetes. Segundo Shotwell, os motores dos foguetes estão passando por ajustes minuciosos a fim de que as missões logrem sucesso, tanto em segurança quanto em desempenho. Novas bombas de propulsão também estão sendo desenvolvidas, bem como um novo software para gerenciar os lançamentos (que, inclusive, recebeu sugestões sólidas da NASA e do governo americano no quesito melhorias). 

"Para nós, o problema não eram as rachaduras, e sim se elas aumentariam com o tempo. Será que poderiam causar uma falha em pleno voo? Acho que a NASA está acostumada a usar motores não tão robustos, e por isso não quer saber de trincas no maquinário de propulsão", explicou a presidente da SpaceX. Ela ainda revelou que novas bombas de propulsão (turbo) serão instaladas antes que os primeiros testes não tripulados da cápsula Crew Dragon se iniciem, provavelmente em novembro. 

Segundo uma reportagem recente do Wall Street Journal, o Escritório de Prestação de Contas do governo americano espera que a SpaceX repasse a missão tripulada para a ISS em 2018, devido a todas as questões envolvendo falhas com que ainda está lidando. Não ficou claro, no entanto, se a empresa vai poder acompanhar os lançamentos a partir daí, mas desde que nenhum acidente aconteça novamente, poderemos contar os dias para finalmente ver os astronautas da Crew Dragon chegando com segurança à estação espacial. 

Fontes: Reuters, The Wall Street Journal

Assine nosso canal e saiba mais sobre tecnologia!
Leia a Seguir

Comentários

Newsletter Canaltech

Receba nossas notícias por e-mail e fique
por dentro do mundo da tecnologia!

Baixe já nosso app Fechar

Novidade

Extensão Canaltech

Agora você pode ficar por dentro de todas as notícias, vídeos e podcasts produzidos pelo Canaltech.

Receba notificações e pesquise em nosso site diretamente de sua barra de ferramentas.

Adicionar ao Chrome