Google anuncia as primeiras instituições a receber o selo "Escola de Referência"

Por Redação | em 30.08.2016 às 17h04

Google Escola de Refer

O Google anunciou as três primeiras escolas do Brasil a contar com o selo "Escola de Referência Google", uma certificação criada pela companhia para reconhecer instituições de ensino que estejam desenvolvendo soluções inovadoras usando as ferramentas educacionais disponibilizadas pela empresa.

Os primeiros colégios selecionados são o Mater Dei, que possui unidades em São Paulo e São José dos Campos, o Ítalo Brasileiro e o EMECE, ambos da capital paulista. De acordo com Rodrigo Vale, gerente de programas educacionais do Google, as três escolas conseguem criar ambientes divertidos nos quais a colaboração entre os alunos é rápida e fluída, o engajamento é alto e o interesse pelas atividades fora da classe é maior. O executivo também destacou que, nessas instituições, há ainda uma integração entre diferentes áreas, incluindo o corpo funcional.

"Nós acreditamos que a tecnologia tem o poder de transformar a educação, tanto que temos um time de especialistas dedicado a criar e divulgar ferramentas para facilitar o jeito como professores ensinam e alunos aprendem. Como conhecer bons exemplos também faz parte do processo de construção de algo melhor, paramos para nos perguntar quais são as escolas que estão usando as tecnologias do Google para realmente revolucionar a educação", disse.

Para ganhar o selo Escola de Referência, o colégio precisa atender dois elementos essenciais: utilizar o Google Apps for Education e Chromebooks para criar um ambiente inovador dentro e fora da sala de aula, entre professores, alunos e funcionários; e estar disposto a buscar treinamento para melhorar suas capacidades, além de se comprometer em compartilhar o que aprenderam e divulgar o poder da tecnologia para transformar a educação.

O Google ainda convida outras instituições de ensino para usar suas ferramentas e, com isso, participar do programa que dá o selo de educação elaborado pela empresa. Para isso, as escolas interessadas devem entrar em contato com um dos parceiros oficiais da gigante das buscas para iniciar o processo de certificação. São eles:

Vale lembrar que esta não é a primeira iniciativa para tornar as escolas brasileiras mais tecnológicas. Em 2014, a companhia inaugurou em São Paulo uma sala de aula que segue o formato Google de ensino, com foco na interação entre professor e alunos. O espaço não tem carteiras, nem papel ou caneta, e todo o conteúdo é passado por meio de televisores e tablets.

Outros dois projetos do Google para promover a educação são o Classroom, que ajuda professores a gerenciar conteúdo e compromissos na hora de preparar o material de suas aulas, e o YouTube Edu, uma plataforma totalmente gratuita e em português que conta com aulas de matemática, biologia, língua portuguesa, física e química.

Fonte: Blog do Google Brasil

Assine nosso canal e saiba mais sobre tecnologia!
Leia a Seguir

Comentários

Newsletter Canaltech

Receba nossas notícias por e-mail e fique
por dentro do mundo da tecnologia!

Baixe já nosso app Fechar

Novidade

Extensão Canaltech

Agora você pode ficar por dentro de todas as notícias, vídeos e podcasts produzidos pelo Canaltech.

Receba notificações e pesquise em nosso site diretamente de sua barra de ferramentas.

Adicionar ao Chrome