Cartaz de 'X-Men Apocalipse' é acusado de incitar violência contra a mulher

Por Redação | em 03.06.2016 às 13h08

X-Men Apocalipse

Não é só na bilheteria que X-Men: Apocalipse está deixando a desejar: o marketing do novo filme dos mutantes agora é alvo de uma polêmica, pois está sendo acusado de fazer apologia à agressão contra as mulheres.

Nos Estados Unidos, a Fox espalhou alguns outdoors e campanhas promocionais para promover o longa-metragem, que estreou no Brasil há pouco mais de duas semanas. Só que a imagem escolhida está gerando polêmica porque mostra o vilão Apocalipse (Oscar Isaac) estrangulando a personagem Mística (Jennifer Lawrence), o que, de acordo com os críticos, incita a violência contra as mulheres.

Quem assistiu os trailers ou já viu o filme sabe que a imagem está dentro de um contexto na história de X-Men Apocalipse, pois trata-se de uma cena de combate entre o vilão e vários outros mutantes — homens e mulheres. Contudo, parece que a Fox foi infeliz na escolha dessa imagem para estampar banners e outdoors gigantescos no continente americano, já que a foto ainda vem acompanhada da frase "Apenas os fortes sobreviverão".

Pelo Facebook, a atriz Rose McGowan (Pânico, Charmed), fez duras críticas ao material. "Existe um grande problema quando homens e mulheres na 20th Century Fox acreditam que violência casual contra a mulher é uma forma de promover um filme. Não há nenhum contexto na propaganda, apenas uma mulher sendo estrangulada. O fato de ninguém ter sinalizado isso é ofensivo e, francamente, estúpido", disse.

"Os gênios por trás disso, e eu uso esse termo levianamente, precisam olhar por um bom tempo para o espelho e verem como estão contribuindo para a sociedade. Imagine se fosse um homem negro sendo estrangulado por um homem branco, ou um gay sendo estrangulado por um hétero? O clamor seria enorme. Então vamos corrigir esse erro. Fox, já que vocês não conseguem colocar diretoras mulheres em seu cronograma de filmes pelos próximos dois anos, que tal apenas substituir esse anúncio?", sugeriu.

McGowan ainda compartilhou a opinião de um amigo dela, que também criticou o banner em que Apocalipse aparece enforcando a Mística. "Encerro esse post com um texto que meu amigo enviou, uma conversa que ele teve com a filha: 'Minha filha e eu tivemos uma profunda discussão sobre a brutalidade desse pôster absurdo de X-Men. Ela me perguntou por que o monstro está cometendo violência contra uma mulher'. Isso veio de uma garota de 9 anos. Se ela enxerga isso, por que a Fox não consegue?", questionou a atriz.

Logo após a denúncia de McGowan, vários banners do filme nos EUA foram pichados ou sinalizados por outras pessoas que concordam que o pôster contribui para propagar a violência gratuita contra a mulher. Um deles, divulgado pelo blogueiro novaiorquino EV Grieve, diz que "essa violência na frente dos meus filhos não é ok".

O site The Hollywood Reporter tentou entrar em contato com a Fox e com a produtora do longa, Lauren Shuler Donner, mas não obteve resposta.

X-Men Apocalipse (cartaz)

Segundo Jennifer McCleary-Sillis, diretora para violência de gênero e direitos do Centro Internacional de Pesquisa Sobre a Mulher — instituto de pesquisa global que tem por objetivo promover a igualdade de gênero —, a divulgação desse tipo de imagem é algo problemático, já que estamos falando de uma franquia com milhões de fãs em todo o mundo. "A imagem marcante de Apocalipse asfixiando a Mística é um lembrete de como a violência contra as mulheres é usada como padrão e vista como algo natural por todas as razões erradas. Você [Fox] poderia ter escolhido uma entre milhares de imagens, mas escolheu esta. Quem você quer chamar atenção e para que propósito", disse.

Devin Faraci, editor chefe do blog Birth.Movies.Death, também partilha a mesma opinião. "Imagens de violência contra as mulheres são comuns no universo dos X-Men, que já é bastante violento. O problema é tirar uma dessas imagens de seu contexto e colocá-la fora de sua natureza de fantasia. (...) É algo gratuito e ofensivo de uma maneira completamente inútil", criticou.

Fontes: The Hollywood Reporter, Ev Grieve

Assine nosso canal e saiba mais sobre tecnologia!
Leia a Seguir

Comentários

Newsletter Canaltech

Receba nossas notícias por e-mail e fique
por dentro do mundo da tecnologia!

Baixe já nosso app Fechar

Novidade

Extensão Canaltech

Agora você pode ficar por dentro de todas as notícias, vídeos e podcasts produzidos pelo Canaltech.

Receba notificações e pesquise em nosso site diretamente de sua barra de ferramentas.

Adicionar ao Chrome