Por suspeita de traffic shaping, Claro terá de explicar problemas com Pokémon GO

Por Redação | em 12.08.2016 às 19h08

Pokémon Claro

E a Claro segue tendo dores de cabeça por conta de Pokémon GO. Embora o problema registrado por seus clientes que impedia o acesso ao game por meio de suas redes 3G e 4G já tenha sido resolvido, a operadora foi notificada pelo Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec) por conta do ocorrido. A entidade quer mais detalhes sobre o tal erro, principalmente após as suspeitas de que a empresa estava realizando traffic shaping — ou seja, controlando o tráfego e impedindo que seus usuários acessassem o aplicativo.

A notificação foi feita nesta sexta-feira (12) e se baseia nas queixas feitas ao longa desta semana. De acordo com o Idec, as reclamações “sinalizam potencial de lesão ao Código de Defesa do Consumidor (CDC), ao Regulamento Geral de Direitos do Consumidor de Serviços de Telecomunicações da Anatel e ao Marco Civil da Internet”. Este último, especificamente, é claro ao dizer que as operadoras não podem limitar o acesso dos usuários, independentemente do serviço em questão. Assim, se o traffic shaping for realmente confirmado, trata-se de uma violação direta ao que o Marco estabelece.

Assim, a entidade de defesa do consumidor pede para que a Claro explique exatamente o que aconteceu, apontando a razão do problema que impediu seus clientes de acessarem os servidores de Pokémon GO para que não restem dúvidas sobre a existência ou não da restrição de acesso.

Pokémon GO ClaroSegundo operadora, problema foi causado pela última atualização do jogo, liberada no início da semana

Além disso, o Idec afirma em sua notificação de que novas ocorrências do tipo forçarão o órgão a acionar as entidades responsáveis, como a Anatel, a Secretaria Nacional de Defesa do Consumidor e o Ministério Público Federal para que medidas necessárias sejam tomadas contra a companhia.

A Claro nega a existência de qualquer tipo de controle de dados. Por meio de nota, a operadora afirma que a origem do problema foi mesmo a atualização liberada pela própria Niantic no início da semana, o que acabou resultando em dificuldades de conexão por parte de alguns usuários. Contudo, apesar de toda a dor de cabeça, a situação já foi normalizada e todos os seus clientes já podem acessar normalmente os recursos de Pokémon GO.

Via: UOL

Assine nosso canal e saiba mais sobre tecnologia!
Leia a Seguir

Comentários

Newsletter Canaltech

Receba nossas notícias por e-mail e fique
por dentro do mundo da tecnologia!

Baixe já nosso app Fechar

Novidade

Extensão Canaltech

Agora você pode ficar por dentro de todas as notícias, vídeos e podcasts produzidos pelo Canaltech.

Receba notificações e pesquise em nosso site diretamente de sua barra de ferramentas.

Adicionar ao Chrome