Sem enrolação: filme da Liga da Justiça irá direto ao ponto

Por Redação | em 09.09.2016 às 11h10

Liga da Justiça

Se você achou que Homem de Aço, Batman vs Superman: A Origem da Justiça e Esquadrão Suicida foram filmes bem confusos e que deixaram a desejar no quesito narrativa, pode respirar aliviado. O presidente da DC Entertainment e chefe criativo da DC, Geoff Johns, afirmou que Liga da Justiça irá direto ao ponto, sem os flashbacks ou sequências de sonhos vistos em BvS.

Em mais um trecho de sua entrevista ao Wall Street Journal, Johns disse que o ritmo da trama no filme da Liga foi acelerado para que a própria história, de um jeito bem mais dinâmico, faça os espectadores terem esperança e otimismo para com os personagens. O executivo também discordou com as críticas de que os longas do universo da DC são diferentes unicamente por serem mais sombrios do que outros filmes de super-heróis. Na verdade, Johns considera esta uma característica importante.

"No passado, acho que o estúdio disse erroneamente 'Os filmes da DC são sombrios, e é isso que faz eles serem diferentes'. Isso não poderia estar mais errado. É uma visão de vida esperançosa e otimista. Até mesmo o Batman tem um pouco disso dentro dele. Se ele não pensasse que ele poderia fazer um amanhã melhor, ele pararia", afirmou.

"Ter esses personagens como parte de uma cultura pop é tão recompensador, apesar de obviamente nós termos ficado desapontados que os filmes não tiveram uma crítica melhor. (...) Nós estamos tentando ser bem severos em tudo para garantir que vamos nos manter fiéis aos personagens e que contaremos histórias que os celebrem", completou.

Segundo o chefe criativo da DC, Liga da Justiça também vai abordar as ações do Homem-Morcego em Batman vs Superman. Muita gente não gostou do personagem ter adotado um tom muito mais agressivo do que o que estamos acostumados, incluindo o fato de ter torturado criminosos e tentado matar o Superman. Jon Berg, um dos principais executivos da DC Entertainment, reforçou a afirmação de Johns ao dizer como o Batman lidará com as consequências brutais de seus atos no novo filme.

Liga da Justiça começa alguns meses após os eventos de Batman vs Superman. Movido por sua fé restaurada na humanidade e inspirado pelo sacrifício do Superman, Bruce Wayne conta com a ajuda de sua nova aliada, Diana Prince, para enfrentar um inimigo ainda maior. Juntos, Batman e Mulher-Maravilha trabalham rápido para encontrar e recrutar uma equipe de meta-humanos para se opor à nova ameaça. Apesar da formação dessa liga de heróis sem precedentes — Batman, Mulher-Maravilha, Aquaman, Flash e Ciborgue —, pode ser tarde demais para salvar o planeta de um ataque de proporções catastróficas.

O elenco é composto por Ben Affleck (Batman), Gal Gadot (Mulher-Maravilha), Henry Cavill (Superman), Jason Momoa (Aquaman), Ray Fisher (Ciborgue), Ezra Miller (Flash), Amber Heard (Mera), Willem Dafoe (Vulko), J.K. Simmons (Comissário Gordon), Jesse Eisenberg (Lex Luthor), Jeremy Irons (Alfred) e Amy Adams (Lois Lane).

Liga da Justiça chega aos cinemas em 16 de novembro de 2017.

Fonte: The Wall Street Journal via CBM

Assine nosso canal e saiba mais sobre tecnologia!
Leia a Seguir

Comentários

Newsletter Canaltech

Receba nossas notícias por e-mail e fique
por dentro do mundo da tecnologia!

Baixe já nosso app Fechar

Novidade

Extensão Canaltech

Agora você pode ficar por dentro de todas as notícias, vídeos e podcasts produzidos pelo Canaltech.

Receba notificações e pesquise em nosso site diretamente de sua barra de ferramentas.

Adicionar ao Chrome