Ben Affleck é o Batman que mais matou pessoas no cinema, revela vídeo

Por Redação | em 04.07.2016 às 11h05

Das várias críticas feitas a Batman vs Superman: A Origem da Justiça, um dos pontos que mais incomodou aos fãs foi o fato de termos um Batman que mata. Nos quadrinhos e em vários de seus filmes, ele poderia espancar o quanto fosse, mas jamais tirava a vida dos seus inimigos. Porém, Zack Snyder decidiu abrir uma pequena exceção, o que irritou muita gente. E não foram uma ou duas vítimas, mas algumas dezenas, como revelou uma recente contagem de corpos.

O canal Mr Sunday Movies liberou um vídeo no YouTube no qual conta cada um dos criminosos que o Batman vivido por Ben Affleck mata em sua cruzada contra o crime. Seja atropelando com o Batmóvel, usando suas armas, explodindo carros ou deixando os bandidos lidarem com uma granada ativada, a mais recente versão do Cavaleiro das Trevas deixou nada menos do que 21 cadáveres por onde passou. E isso nem inclui os mortos na cena em que Bruce Wayne está sonhando — ou tendo uma visão do futuro. As duas dezenas correspondem apenas àqueles que realmente morreram.

E esse número é o maior de todas as adaptações cinematográficas do personagem. Até então, a versão mais assassina do Homem-Morcego tinha sido em Batman, de 1989. Dirigido por Tim Burton, o filme que trouxe o ator Michael Keaton sob a máscara do herói havia assassinado 17 pessoas. A diferença é que, como aponta o site Games Radar, a versão de Batman vs Superman faz com que essas mortes sejam bem mais impactantes, pois fica claro que o “herói” não tem a menor intenção de deixar os criminosos vivos. Não se trata de um assassinado culposo, mas de um claro homicídio doloso. E em série, o que apenas agrava a situação.

Brincadeiras à parte, essa contagem de mortos serve como um grande argumento para aquelas pessoas que não gostaram do resultado de A Origem da Justiça possam reclamar ainda mais da abordagem do diretor Zack Snyder para os clássicos heróis da DC. A principal crítica feita por esses fãs é que o cineasta não é capaz de entender a essência daqueles personagens, seja trazendo um Batman tão homicida quanto um Coringa ou um Superman que quebra pescoços, destrói cidades e simplesmente abre mão da esperança — ignorando o fato de que o Último Filho de Krypton é a mais pura representação da esperança e daquilo que há de melhor na humanidade.

Ainda assim, todas as expectativas estão voltadas para o vindouro Liga da Justiça. Como o próprio ator Ben Affleck disse várias vezes, o filme traz um tom bem mais leve e menos sombrio do que Batman vs Superman. Ainda não sabemos exatamente o que isso significa, mas esperamos que não tenhamos que ver outra contagem de corpos como essa aparecendo no longa do maior grupo de heróis de todos os tempos.

Via: Mr Sunday Movies (YouTube), Games Radar

Assine nosso canal e saiba mais sobre tecnologia!
Leia a Seguir

Comentários

Newsletter Canaltech

Receba nossas notícias por e-mail e fique
por dentro do mundo da tecnologia!

Baixe já nosso app Fechar

Novidade

Extensão Canaltech

Agora você pode ficar por dentro de todas as notícias, vídeos e podcasts produzidos pelo Canaltech.

Receba notificações e pesquise em nosso site diretamente de sua barra de ferramentas.

Adicionar ao Chrome