NASA e Microsoft usarão realidade virtual em nova exposição sobre Marte

Por Redação | em 05.04.2016 às 02h35 - atualizado em 05.04.2016 às 06h39

Marte

Já pensou poder explorar a superfície de Marte usando realidade virtual e percorrer seus terrenos acidentados como se estivesse no planeta? Pois uma parceria entre a NASA e a Microsoft tornarão esse sonho realidade graças às maravilhas da realidade virtual em uma exposição que acontecerá nas dependências do Kennedy Space Center, localizado na Flórida (Estados Unidos). E o mais legal: as portas serão abertas ainda em 2016.

Destination: Mars
Holograma de Erisa Hines, cientista que "dirige" o Curiosity na exploração do terreno marciano (Reprodução: NASA/JPL/Caltech/Microsoft)

A exposição se chamará “Destination: Mars” (“Destino: Marte”, em tradução livre) e os visitantes serão recebidos por guias turísticos holográficos representando figuras de peso na exploração espacial. Entre eles estão Erisa Hines, que controla o rover Curiosity, e Buzz Aldrin, ex-astronauta e o segundo homem a pisar na Lua. Suas reproduções holográficas levarão o público para conhecer sítios reais de Marte onde cientistas realizaram descobertas importantes a respeito do Planeta Vermelho - tudo isso usando imagens capturadas pelo Curiosity nesses últimos anos de exploração.

Destination: Mars
Holograma de Buzz Aldrin, o segundo homem a pisar na Lua durante a missão Apollo 11, na exposição "Destination: Mars" (Reprodução: NASA/JPL/Caltech/Microsoft)

Aldrin, que é bastante ativo nas redes sociais, publicou uma foto sua vestindo uma camiseta de incentivo ao programa marciano da NASA (que, por sinal, está à venda em sua loja online):

Já no vídeo a seguir, a NASA explica mais detalhes sobre a exposição em parceria com a Microsoft: 

A Microsoft já havia trabalhado em parceria com a NASA anteriormente quando enviou exemplares do HoloLens à agência espacial. Os aparelhos de realidade aumentada foram utilizados pelo astronauta Scott Kelly enquanto ele esteve em missão na Estação Espacial Internacional. De volta à Terra, Kelly afirmou acreditar que a tecnologia tem muito potencial no que diz respeito à exploração espacial. Por exemplo, seria possível utilizar o HoloLens durante uma missão no Espaço em conjunto com algum cientista aqui na Terra, que poderia desenhar na “tela” do astronauta indicações e observações a respeito da missão em andamento.

No canal do YouTube da NASA podemos conferir a entrevista completa.

Quanto a levar o ser humano fisicamente ao Planeta Vermelho, a NASA segue com os preparativos para a missão de 2030. Enquanto isso, “o público será capaz de sentir a experiência que os astronautas terão quando eles andarem e estudarem a superfície de Marte”, disse Dave Lavery, que atua no programa de exploração do Sistema Solar na agência espacial.

Fonte: NASA

Assine nosso canal e saiba mais sobre tecnologia!
Leia a Seguir

Comentários

Newsletter Canaltech

Receba nossas notícias por e-mail e fique
por dentro do mundo da tecnologia!

Baixe já nosso app Fechar

Novidade

Extensão Canaltech

Agora você pode ficar por dentro de todas as notícias, vídeos e podcasts produzidos pelo Canaltech.

Receba notificações e pesquise em nosso site diretamente de sua barra de ferramentas.

Adicionar ao Chrome