NASA divulga projeto detalhado para enviar o ser humano até Marte

Por Redação | em 09.10.2015 às 18h07 - atualizado em 09.10.2015 às 20h37

Marte

Já não são segredo os famigerados planos da NASA de enviar o homem à Marte. A corrida espacial que agitou o mundo a partir dos anos 1960, com Estados Unidos e União Soviética investindo pesado na “conquista” do espaço, deu vazão a uma curiosidade cada vez maior do ser humano em relação ao universo que nos rodeia.

Assim, a agência espacial dos Estados Unidos divulgou nesta quinta-feira (8), um detalhamento do seu plano para dar início à exploração em Marte. O caminho até a presença humana no Planeta Vermelho está dividido em três grandes fases, sendo que a primeira já está em vigor.

“A NASA está mais próxima de mandar astronautas a Marte do que em outro ponto em nossa história”, revelou o administrador da agência Charles Bolden. “Hoje, estamos publicado detalhes adicionais sobre o nosso plano de jornada a Marte e sobre como nós estamos alinhando todos os nossos esforços para apoiar este objetivo”.

O documento, chamado de "NASA's Journey to Mars - Pioneering Next Steps in Space Exploration (Jornada até Marte da NASA - Próximos Passo Pioneiros na Exploração Espacial, em tradução livre), foi disponibilizado na íntegra no site da agência espacial. Clique aqui para conferir.

Journey to MarsDocumento divulgado pela NASA detalha o projeto de exploração de Marte. (Foto: Reprodução/NASA)

Três estágios para alcançar Marte

Como dito anteriormente, a primeira fase do planejamento da NASA já está em vigor. Chamado de “Earth Reliant” (ou Confiante na Terra, em tradução livre), ela consiste na realização de uma série de testes a partir da Estação Espacial Internacional (EEI). O objetivo é aproveitar o ambiente do laboratório de microgravidade para verificar os efeitos de missões espaciais de longa duração sobre o corpo humano.

A segunda parte do planejamento da NASA se chama “Proving Ground” (Campo de Prova), no qual a agência pretende desenvolver técnicas para conduzir operações complexas em um ambiente de espaço profundo. Neste ponto, serão realizados testes no volume de espaço em torno da Lua para testar e desenvolver capacidades de vida e trabalho longe da Terra.

Por fim, o estágio final do plano chama-se “Earth Independent” (Independente da Terra em tradução livre), onde a NASA espera utilizar todo o conhecimento adquirido nos testes na EEI e ao redor da Lua para permitir a ida a Marte. Em um primeiro momento, a ideia é a realização de voos em torno da órbita mais baixa do planeta e das luas marcianas. Entretanto, a agência espacial espera poder pousar na superfície.

Presença sustentável no espaço

A ideia de seres humanos indo para outros planetas pode parecer algo genial. Contudo, sob um determinado ponto de vista, isso pode soar muito preocupante, afinal nós somos exímios alteradores de ecossistemas — basta olhar para a história da humanidade. Quanto a isso, a NASA espera que tudo aconteça de forma sustentável.

“A estratégia da NASA conecta atividades de curto prazo e desenvolvimento de capacidades para a jornada até Marte e para um futuro com presença sustentável de seres humanos no espaço profundo”, garante William Gerstenmaier, administrador associado para Exploração Humana e Operações da agência espacial dos Estados Unidos.

Fonte: NASA

Assine nosso canal e saiba mais sobre tecnologia!
Leia a Seguir

Comentários

Newsletter Canaltech

Receba nossas notícias por e-mail e fique
por dentro do mundo da tecnologia!

Baixe já nosso app Fechar

Novidade

Extensão Canaltech

Agora você pode ficar por dentro de todas as notícias, vídeos e podcasts produzidos pelo Canaltech.

Receba notificações e pesquise em nosso site diretamente de sua barra de ferramentas.

Adicionar ao Chrome