CES

Próximo carro elétrico da Nissan terá tecnologia de condução autônoma

Por Redação | em 06.01.2017 às 11h39

Nissan Leaf

O presidente da aliança Renault-Nissan, Carlos Ghosn, anunciou na quinta-feira, 5, durante apresentação na CES 2017, várias iniciativas para avançar no setor de carros autônomos, e revelou um sistema capaz de restabelecer uma intervenção humana à distância em caso de problema crítico.

Segundo Ghosn, a Nissan acrescentará funcionalidades de condução semiautônoma através da tecnologia PorPilot na próxima versão de seu carro elétrico Leaf. Esta tecnologia permite que o veículo conduza sozinho por uma estrada enquanto permanecer na mesma faixa, e representa a primeira etapa da estratégia do grupo para produzir carros que realmente dirijam de forma autônoma.

Nissan Leaf. (Foto: Divulgação)

A Nissan ainda lançará testes neste ano no Japão, em colaboração com a empresa local DeNA, de usos comerciais, como as entregas com carros sem motorista. Estes testes se ampliarão a outros países, com o objetivo do transporte de pessoas em Tóquio até 2020.


Durante sua participação na feira de eletônicos de consumo, a montadora também anunciou uma nova plataforma, a Seamless Autonomous Mobility (SAM), inspirada em tecnologias da NASA. A novidade permitirá que, quando não existir um motorista no carro, seja possível restabelecer um controle humano à distância nos poucos momentos em que a inteligência artificial não for capaz de encontrar uma solução sozinha.

Vale lembrar que a Renault e Nissan firmaram parceria no início de 2016, com o objetivo de criar dez carros autônomos em quatro anos.

Fonte: G1

Assine nosso canal e saiba mais sobre tecnologia!
Leia a Seguir

Comentários

Newsletter Canaltech

Receba nossas notícias por e-mail e fique
por dentro do mundo da tecnologia!

Baixe já nosso app Fechar

Novidade

Extensão Canaltech

Agora você pode ficar por dentro de todas as notícias, vídeos e podcasts produzidos pelo Canaltech.

Receba notificações e pesquise em nosso site diretamente de sua barra de ferramentas.

Adicionar ao Chrome