CES

FF91: Faraday Future quer bater de frente com a Tesla [CES 2017]

Por Igor Lopes RSS | em 09.01.2017 às 19h41

Há exatamente um ano, a até então misteriosa montadora/startup norte-americana Faraday Future subia ao palco da CES 2016, em Las Vegas, para mostrar ao mundo um pouco de sua visão para o futuro da mobilidade e – afinal de contas – falar o que ela planejava fazer neste agitado mercado.

Após uma longa keynote, o resultado, no entanto, acabou trazendo mais perguntas do que respostas: eles apresentaram um carro conceito futurista chamado FFZER01, que teoricamente representava tudo o que a Faraday pretendia trazer com seus futuros veículos, mas nada de concreto. Isso finalmente mudou esse ano, com a apresentação oficial do FF 91, o SUV que será o primeiro veículo a ser comercializado pela empresa e aquele que a Faraday Future julga ser um "verdadeiro" carro conectado.

Como era de se esperar, o carro elétrico é completamente coberto por sensores: no total, são dez câmeras frontais e traseiras, 13 radares de longo e curto alcance, 12 sensores ultrassônicos e um Lidar frontal 3D de alta definição – um cilindro saltado no capô do carro que utiliza tecnologia óptica para medir luminosidade.

O resultado disso é que o carro possui um sistema avançado para piloto automático, como a capacidade apelidada de "valet autônomo": através do aplicativo mobile da FF, o motorista poderá dar um comando para o veículo estacionar sozinho, buscando uma vaga livre e enviando uma notificação ao usuário informando onde está parado quando completar a tarefa. A função foi um dos principais destaques da keynote e foi, inclusive, demonstrada no evento.

De acordo com a Faraday, toda a interação do usuário com o veículo será intermediada por um registro global do usuário, que informará a qualquer carro da empresa em tempo real quem são os tripulantes do carro, motorista ou passageiros, além de quais suas características, preferências na direção e na também reprodução de conteúdo. A ideia é que isso servirá também para conexões como redes sociais e para sincronizar preferências musicais do usuário com o carro, por exemplo.

Mesmo antes da revelação oficial de seu veículo, a Faraday Future já era apontada como uma das novas rivais da Tesla Motors no setor de carros elétricos. E a startup não perdeu a oportunidade para capitalizar com essa fama, trazendo os Model X e Model S para serem comparados com seu FF 91 ao vivo durante a Keynote. Em um teste de arranque, o FF 91 conseguiu um desempenho minimamente superior ao do Model S: de 0 a 100 km/h em 2,59 segundos, contra 2,60 segundos do carro da Tesla.

Em condições ideais, no entanto, a Faraday garantiu que seu carro tem a capacidade de atingir a velocidade de 100 km em apenas 2,39 segundos – o que estabeleceria um novo recorde, se confirmado. Segundo a montadora, o sistema de baterias garante ao FF 91 130 kilowatt/hora de energia e uma autonomia de até 700 km.

Infelizmente, a Faraday não deu nenhuma pista sobre qual deverá ser o preço final do veículo. O primeiro FF 91 deverá dar as caras já em março deste ano, em um leilão beneficente promovido pela empresa. A produção em larga escala, no entanto, está prevista só para 2018.

Assine nosso canal e saiba mais sobre tecnologia!
Leia a Seguir

Comentários

Newsletter Canaltech

Receba nossas notícias por e-mail e fique
por dentro do mundo da tecnologia!

Baixe já nosso app Fechar