Blizzard vence processo e receberá US$ 8.5 milhões por direitos autorais

Por Redação | em 05.04.2017 às 15h13

Blizzard Entertainment

A Blizzard Entertainment saiu vitoriosa de um processo aberto em julho de 2016 contra a alemã Bossland. Pela decisão, a gigante dos games terá direito a receber um montante de US$ 8,5 milhões por violação de direitos autorais. A companhia alemã foi acusada pela criação de hacks e cheats.

De acordo com as informações divulgadas, a Blizzard alegou que a Bossland foi responsável por arruinar a experiência dos jogadores de diversos títulos de sucesso, como World of Warcraft, Diablo III, Heroes of the Storm, Hearthstone e Overwatch. Além disso, a produtora culpa a companhia alemã pela perda de milhões de dólares.

Como conclusão do caso, a corte entendeu que a "Bossland contribuiu materialmente para a violação ao criar a Bossland Hacks e torná-la disponível para o público, além de instruir usuários como instalar e operar o Bossland Hacks, permitindo o uso do software para criar versões derivadas".

Além da punição financeira, no valor de US$ 8.563.600, a Bossland foi proibida de divulgar ou distribuir os cheats em todo o território norte-americano.

Via BBC

Assine nosso canal e saiba mais sobre tecnologia!
Leia a Seguir

Comentários

Newsletter Canaltech

Receba nossas notícias por e-mail e fique
por dentro do mundo da tecnologia!

Baixe já nosso app Fechar

Novidade

Extensão Canaltech

Agora você pode ficar por dentro de todas as notícias, vídeos e podcasts produzidos pelo Canaltech.

Receba notificações e pesquise em nosso site diretamente de sua barra de ferramentas.

Adicionar ao Chrome