BlackBerry Priv decepciona e vende apenas 600 mil unidades

Por Redação | em 04.04.2016 às 09h29

BlackBerry Priv

No quarto trimestre fiscal, encerrado em setembro do ano passado, a BlackBerry conseguiu vender cerca de 600 mil unidades do Priv, seu smartphone baseado no Android. O número não inspira muita esperança na empresa como fabricante de hardware. No entanto, sempre otimista, o CEO da empresa, John Chen, tentou atenuar a impressão causada pelo mau resultado dizendo que a fabricante conseguiu cortar perdas graças às vendas de seus smartphones.

O lançamento do Priv é considerado o teste definitivo sobre a capacidade da empresa de continuar atuando no mercado de smartphones. No entanto, a adoção do sistema móvel do Google pela canadense deixou muitos dos seus consumidores preocupados com o futuro do BlackBerry 10 OS. Para muitos, a empresa pode passar a dar mais prioridade para o Android e esquecer dos usuários que acreditaram no sistema operacional proprietário. A empresa não detalhou qualquer grande plano de adição de recursos ou funcionalidades para o BlackBerry 10.

Os analistas de Wall Street esperavam que a BlackBerry vendesse cerca de 850 mil unidades do Priv. O baixo número de vendas apresentado não foi justificado pela empresa, mas, ao que tudo indica, a disponibilidade limitada do dispositivo foi o grande problema para que o número de vendas não fosse ampliado. Em seu lançamento, o Priv estava disponível apenas na operadora AT&T nos Estados Unidos. Posteriormente, em janeiro, o aparelho foi lançado na T-Mobile e em março na Verizon.

Para Chen, as vendas de smartphones da marca ainda estão dentro do esperado, mas para que a empresa seja rentável no setor, ela terá de vender cerca de 3 milhões de aparelhos por ano. Para os analistas, a empresa poderia conseguir bater a meta focando em dispositivos intermediários com o sistema Android. No entanto, ainda há quem acredite que a fabricante deve se livrar de seu negócio de hardware e focar apenas em software.

Durante o ano fiscal de 2016, a BlackBerry registrou US$ 527 milhões em vendas de softwares, superando os US$ 500 milhões fixados pelo CEO da companhia.

Via SlashGear

Assine nosso canal e saiba mais sobre tecnologia!
Leia a Seguir

Comentários

Newsletter Canaltech

Receba nossas notícias por e-mail e fique
por dentro do mundo da tecnologia!

Baixe já nosso app Fechar

Novidade

Extensão Canaltech

Agora você pode ficar por dentro de todas as notícias, vídeos e podcasts produzidos pelo Canaltech.

Receba notificações e pesquise em nosso site diretamente de sua barra de ferramentas.

Adicionar ao Chrome