6 situações em que as selfies acabaram em morte

Por Gabriel Sérvio RSS | em 04.06.2016 às 18h40

Selfie

A cada ano que passa, mais casos de mortes relacionadas a selfies são reportados na internet. Somente nos últimos dois anos, houve um aumento considerável no número de casos de selfies que acabaram em acidentes fatais. Dados revelados pelo site 'Priceonomics' revelam que desde 2014 foram identificados cerca de 49 casos de morte relacionados as selfies.

É bom lembrar que nem sempre os incidentes estão relacionados a situações de imprudência, ou falta de segurança no momento da foto. Muitas vezes se trata apenas de uma acidente. Listamos aqui seis exemplos de mortes que envolveram tentativas de tirar selfies.

O primeiro caso fatal que alcançou visibilidade na internet aconteceu em janeiro de 2014. A morte do Libanês Mohammad Chaar, acabou se tornando um trágico viral na internet. Pouco tempo após postar uma selfie em Beirute, o rapaz acabou sendo morto pela explosão de um carro bomba. A internet reagiu imediatamente a tragédia, postando fotos com a hashtag #notamartyr.

Outro acidente que acabou com a morte dos envolvidos ocorreu em janeiro de 2015 na Índia. Três estudantes tentavam tirar selfies no meio das ferrovias e o mais próximo possível dos trens em movimento. Infelizmente, uma dessas tentativas acabou em tirando a vida dos jovens.

A Índia possui problemas recorrentes com acidentes envolvendo selfies, para combater a prática a cidade de Mumbai criou até as chamadas: “no-selfie zones", áreas proibidas para tirar selfies.

Na Rússia, tirar selfies também é bastante comum. Em janeiro de 2015 dois soldados russos tiravam fotos com uma granada quando inesperadamente o objeto detonou. Os soldados morreram na hora.

Assim como na Índia, o governo russo também busca maneiras de lidar melhor com o problema, um dos ministros criou até uma cartilha que mostra como tirar selfies de maneira segura.

Outro caso que chocou a internet envolveu o jovem Drewsssik. A conta de Drewsssik no Instagram estava repleta de fotos que desafiam a morte. Em setembro de 2015, o jovem de 17 anos acabou escorregando e morreu enquanto tentava tirar uma selfie simulando a queda de um prédio.

Na Espanha o mesmo cenário se repetiu, em agosto de 2015 um homem foi brutalmente morto durante a corrida anual de touros em Pamplona. David Lopez de 32 anos tentava comemorar a presença no evento, o acidente ocorreu quando Lopez saiu da área de segurança e acabou sendo atingido em cheio por dois touros, outro animal acabou atingindo o corpo de Lopez ao mesmo tempo por trás.

Um dos incidentes mais recentes, aconteceu em março deste ano em Washington, EUA. Um homem de 43 anos acabou atirando na própria face ao tentar tirar uma selfie com a arma apontada para si mesmo. O americano estava com a namorada no momento do acidente, ela acreditava que a arma estava descarregada. Aparentemente o rapaz já tinha tirado selfies com armas antes, mas dessa vez acabou se esquecendo de verificar se a arma estava sem munição antes de tirar a foto.

Via: Time

Assine nosso canal e saiba mais sobre tecnologia!
Leia a Seguir

Comentários

Newsletter Canaltech

Receba nossas notícias por e-mail e fique
por dentro do mundo da tecnologia!

Baixe já nosso app Fechar

Novidade

Extensão Canaltech

Agora você pode ficar por dentro de todas as notícias, vídeos e podcasts produzidos pelo Canaltech.

Receba notificações e pesquise em nosso site diretamente de sua barra de ferramentas.

Adicionar ao Chrome