Uber começa a aceitar pagamento em dinheiro

Por Redação | em 22.07.2016 às 18h56 - atualizado em 22.07.2016 às 19h30

Uber vitrine

Pensando em atrair novos usuários, o Uber anunciou nesta sexta-feira (22) que começou a aceitar dinheiro como forma de pagamento para as corridas em Belo Horizonte. São Paulo receberá a novidade na próxima semana. Para quem não sabe, o aplicativo de corrida exige que o passageiro tenha um cartão de crédito previamente cadastrado, de onde são descontados os valores das viagens.

Segundo as informações, o novo modelo de cobrança será liberado aos poucos para o público, tudo a partir da próxima sexta-feira (29). Assim, os clientes já cadastrados receberão a mudança, enquanto os novos usuários já contarão com a nova opção quando baixarem o app.

Leia também: Uber fecha parceria com DigitalGlobe para obter imagens de satélite

A medida veio como uma solução para alguns problemas que o Uber enfrentava. De acordo com os dados, os testes realizados em Recife, Fortaleza e Salvador foram decisivos para a busca de alternativas. Foi constatado que 60% das pessoas que baixavam o aplicativo interrompiam o cadastro quando solicitado o número de cartão de crédito.

Assim, ao testar as corridas com pagamento em dinheiro nestes locais, em apenas uma semana a quantidade de cadastros quase dobrou. "Abrir mais uma possibilidade de pagamentos, dando mais uma opção para o usuário pagar, acaba fazendo com que a plataforma fique mais inclusiva e mais pessoas acabem utilizando-a", explicou Fábio Sabba, diretor de comunicação da companhia.

Sobre a novidade, o motorista que receber em dinheiro ficará com 100% do valor, e o desconto referente a taxa de serviços será feito no pagamento semanal através do cartão de crédito. "Essa é também uma vontade dos motoristas. Se recebem em dinheiro, têm o dinheiro na hora, em vez de receber na semana seguinte, que é quando os pagamos", revelou o executivo.

Em seu anúncio o Uber ainda explicou que caso o condutor do veículo não tenha troco naquele momento, o passageiro terá a oportunidade de enviar uma mensagem ao Uber, solicitando à companhia uma solução, que poderá ser feita, por exemplo, por meio de créditos para a próxima viagem. 

Fonte: Exame, G1

Assine nosso canal e saiba mais sobre tecnologia!
Leia a Seguir

Comentários

Newsletter Canaltech

Receba nossas notícias por e-mail e fique
por dentro do mundo da tecnologia!

Baixe já nosso app Fechar

Novidade

Extensão Canaltech

Agora você pode ficar por dentro de todas as notícias, vídeos e podcasts produzidos pelo Canaltech.

Receba notificações e pesquise em nosso site diretamente de sua barra de ferramentas.

Adicionar ao Chrome