Motorista do Uber é morto por passageiros na Índia

Por Redação | em 08.04.2016 às 10h08

Uber

Um grave incidente envolvendo um motorista do Uber e seus passageiros foi registrado na capital da Índia, Nova Deli. A imprensa local dá conta de que o profissional foi morto a tiros por dois adolescentes de 16 e 17 anos que utilizaram o serviço de transporte nesta quarta-feira (06). Os suspeitos já estão sendo interrogados.

Relatos iniciais afirmam que os adolescentes atiraram no motorista em uma estrada isolada. De acordo com a polícia, era o primeiro dia de trabalho do motorista de 51 anos utilizando a plataforma. Os criminosos teriam despejado o corpo da vítima em um terreno baldio e levado o veículo para a região de Najafgarh, em Nova Deli. Eles retiraram a placa do carro para que não fosse reconhecido, mas anônimos verificaram um rastro de sangue no interior do automóvel e resolveram chamar a polícia.

O Uber já confirmou que a notícia é verdadeira e emitiu uma declaração sobre o ocorrido. "Nossos pensamentos estão com a família de nosso motorista, vítima desta violência gratuita. Temos detalhes que compartilhamos com a polícia para ajudá-los na investigação", disse a empresa.

O incidente não é o primeiro acontecimento grave envolvendo o Uber em Nova Deli. Em dezembro de 2014, um motorista do serviço foi acusado de estuprar uma passageira de 25 anos. Após o ocorrido, a empresa suspendeu brevemente suas operações na cidade enquanto investigava o caso. Depois, a companhia introduziu novas medidas de segurança destinadas a melhorar a experiência dos passageiros em todo o mundo.

Via TechCrunch e Hindustan Times

Assine nosso canal e saiba mais sobre tecnologia!
Leia a Seguir

Comentários

Newsletter Canaltech

Receba nossas notícias por e-mail e fique
por dentro do mundo da tecnologia!

Baixe já nosso app Fechar

Novidade

Extensão Canaltech

Agora você pode ficar por dentro de todas as notícias, vídeos e podcasts produzidos pelo Canaltech.

Receba notificações e pesquise em nosso site diretamente de sua barra de ferramentas.

Adicionar ao Chrome