Novo app para Android ajuda mulheres a notificar violência em João Pessoa

Por Redação | em 23.05.2017 às 14h01

app Elas

Criado pela Secretaria de Políticas Públicas para as Mulheres de João Pessoa (SEPPM), o aplicativo Elas foi lançado nesta terça (23) com download gratuito para Android. Bastante simples, o app permite cadastrar até cinco contatos emergenciais que serão notificados quando uma situação violenta estiver iminente.

Funciona assim: basta baixar o aplicativo em seu smartphone ou tablet, cadastrar seus dados e os contatos de sua confiança com seus devidos números de telefone, e pronto. Após o preenchimento dessas informações, ao abrir o app a usuária se deparará com uma tela contendo um botão “Enviar” bem grande em seu centro. Se estiver sentindo que uma situação emergencial está prestes a acontecer, basta clicar nesse botão e, automaticamente, os contatos receberão uma mensagem via SMS alertando-os do perigo.

Dessa forma, as pessoas que fazem parte da rede de apoio daquela mulher saberão que ela está em apuros, e poderão arrumar formas de ajudá-la. O bacana é que não há a necessidade de o celular estar conectado a uma rede Wi-Fi ou 3G/4G, bastando ter créditos de mensagens de texto com sua operadora para funcionar.

Quem receber a mensagem de alerta, receberá também a localização em que a usuária estava quando enviou a mensagem. “É uma forma de mulheres que estejam em risco pedirem ajuda a parentes e amigos”, disse Adriana Urquiza, secretária de políticas públicas para mulheres de João Pessoa. “O mais importante é que as pessoas que ela cadastrar na ferramenta sejam de confiança e tenham conhecimento da situação pela qual ela passa. Assim fica mais rápido prestar socorro e evitar que o pior ocorra”, explicou.

Além dos contatos de confiança da usuária, o app também fornece os contatos do Centro de Referência da Mulher Ednalva Bezerra - que trabalha com atendimento especializado a mulheres em situação de violência doméstica. Outros telefones úteis que o app exibe são o da SEPPM, do Instituto Cândida Vargas, do Centro de Cidadania LGBT e números de urgência da Polícia Militar e Polícia Civil.

Via: G1

Assine nosso canal e saiba mais sobre tecnologia!
Leia a Seguir

Comentários

Newsletter Canaltech

Receba nossas notícias por e-mail e fique
por dentro do mundo da tecnologia!

Baixe já nosso app Fechar

Novidade

Extensão Canaltech

Agora você pode ficar por dentro de todas as notícias, vídeos e podcasts produzidos pelo Canaltech.

Receba notificações e pesquise em nosso site diretamente de sua barra de ferramentas.

Adicionar ao Chrome