Apple trabalha junto a centros autorizados para desafogar Apple Stores no Brasil

Por Redação | em 22.08.2016 às 22h45

Apple

A procura elevada de clientes por assistência técnica nas duas únicas Apple Stores no Brasil fez com que a companhia americana adotasse uma nova estratégia para lidar com esse cenário. A Maçã está terceirizando o próprio serviço para tentar desafogar a grande demanda em suas lojas físicas no Rio e Janeiro e em São Paulo.

Estabelecimentos terceirizados já existiam antes da chegada das Apple Stores no país. Na verdade, eram eles os únicos locais mais confiáveis para fazer manutenção dos dispositivos da gigante de Cupertino. Contudo, depois que as lojas nas capitais paulista e carioca foram inauguradas, os donos de iGadgets preferiam recorrer a uma das Apple Stores por três motivos: atendimento de qualidade, disponibilidade imediata de aparelhos para troca e preços inferiores cobrados por terceiros.

O que a companhia não esperava era que o número de pessoas em busca das lojas físicas fosse causar um "colapso" nas operações desses espaços. Por isso, de acordo com o pessoal do MacMagazine, a Apple agora está trabalhando junto a Centros de Serviço Autorizados (Apple Authorized Service Providers, ou AASPs) para que o atendimento feito nesses locais seja equiparado ao das outras Apple Stores.

Para tornar o atendimento das AASPs igual ou semelhante ao de suas lojas oficiais, a Apple entrou em acordo com alguns desses Centros de Serviço, tanto no Rio quanto em São Paulo, para que atendam alguns requisitos mínimos. Entre eles, por exemplo, está um estoque mínimo de iPhones (a partir da geração 5s) para troca imediata. Além disso, o valor cobrado pela troca desses aparelhos, pelo menos no pagamento à vista, deve ser exatamente o mesmo praticado que a Maçã.

O site ainda destaca que "a iniciativa é bastante recente, mas é considerada uma 'grande conquista' interna entre principalmente memebros dos staffs de ambas as Apple Stores, que sofrem há tanto tempo com sobrecarga de atendimentos".

Fiscalização do Procon

A falta de funcionários para suprir a demanda de clientes já fez com que a Apple Store do Shopping VillageMall, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro, fosse autuada pelo Procon-RJ. No final do ano passado, um fiscal do órgão regulador afirmou que não havia atendimento presencial na assistência técnica – algo que, segundo a Maçã, não era justificável, uma vez que todos os atendimentos na Genius Bar são por horário marcado e sempre agendado pela internet.

Para tentar solucionar os problemas, a companhia contratou um profissional específico para o pessoal das lojas em SP e no RJ. Mesmo assim, as mudanças parecem não ter surtido o efeito desejado, já que só agora a empresa recorreu às AASPs.

Fonte: MacMagazine

Assine nosso canal e saiba mais sobre tecnologia!
Leia a Seguir

Comentários

Newsletter Canaltech

Receba nossas notícias por e-mail e fique
por dentro do mundo da tecnologia!

Baixe já nosso app Fechar

Novidade

Extensão Canaltech

Agora você pode ficar por dentro de todas as notícias, vídeos e podcasts produzidos pelo Canaltech.

Receba notificações e pesquise em nosso site diretamente de sua barra de ferramentas.

Adicionar ao Chrome