Apple quer fabricar aparelhos feitos apenas com materiais reciclados

Por Redação | em 20.04.2017 às 10h13

Macbook, iPhone e iPad

Pode ser que, muito em breve, você deixe de se preocupar se o seu iPhone vai ser feito de alumínio, vidro ou até mesmo cerâmica. Isso porque a Apple pode seguir por um caminho completamente diferente e começar a desenvolver seus produtos a partir apenas de material reciclado ou que venha de fontes renováveis, conforme a própria companhia sinalizou nesta quarta-feira (19).

Embora não tenha feito nenhum anúncio nesse sentido até o momento, a Apple publicou um boletim informando seus compromissos ambientais e pegou todo mundo de surpresa quando disse que a meta é trabalhar apenas com materiais que sejam ecologicamente corretos, o que significaria utilizar apenas fontes renováveis e material reciclado em todos os seus produtos.

Trata-se de uma meta bastante ambiciosa. Segundo a Maçã, a lógica atual de produção é bastante linear, já que os materiais são extraídos, transformados em produtos e usados até serem descartados. E esse é um ciclo que se repete incessantemente, mas que ela pretende romper. Ao invés de abraçar esse sistema linear, o que a empresa quer é criar um “loop” ou seja, reaproveitar esses materiais para construir novas peças. A ideia, segundo o relatório, é reduzir a quantidade de elementos retirados do planeta, passando a trabalhar a partir de uma abordagem mais sustentável.

Segundo a Apple, alumínio recuperado de iPhone 6 descartados foi usado para construir novos Mac minis

Para isso, a Apple cita que vai continuar a investir em maneiras de recuperar materiais já utilizados em seus produtos e cita um robô que a companhia já possui para este fim, batizado de Liam. Além disso, ela quer incentivar seus consumidores a devolverem aparelhos que não são mais utilizados a partir do programa de reciclagem Apple Renew, o que ajudaria a diminuir a quantidade de lixo eletrônico gerado por esse descarte.

Outra iniciativa proposta é a criação de projetos e experimentos que ajudem a criar esse loop sugerido pela empresa. É aí que entra essa intenção de começar a reaproveitar os materiais para construir novos, algo que a Apple diz já acontecer dentro de suas fábricas. Segundo ela, o alumínio usado no chassi dos iPhone 6 desmontados pelo Liam foi derretido e usado para construir novos Mac minis, os quais foram levados para dentro das suas próprias unidades. A ideia, porém, é que essa reciclagem se estenda para além de seus muros, chegando ao mercado como um todo — ou, pelo menos, parte dele.

De acordo com a vice-presidente do departamento de iniciativas ambientes, políticas e sociais da companhia, Lisa Jackson, esse é um passo importante para a Apple, mas também um enorme desafio, já que eles ainda não sabem ao certo o que fazer para alcançar essa meta. Porém, algo ao menos já foi feito.

Já em outros campos, como na utilização de energia, a empresa já vem dando o exemplo de como adotar práticas ambientalmente corretas. Cerca de 96% de suas fábricas em todo o mundo utilizavam eletricidade vindo de fontes renováveis — como hidrelétricas ou usinas eólicas. Em seus centros de dados, esse número é ainda maior, alcançando 100% dessas unidades.

Via: Apple, Cult of Mac

Assine nosso canal e saiba mais sobre tecnologia!
Leia a Seguir

Comentários

Newsletter Canaltech

Receba nossas notícias por e-mail e fique
por dentro do mundo da tecnologia!

Baixe já nosso app Fechar

Novidade

Extensão Canaltech

Agora você pode ficar por dentro de todas as notícias, vídeos e podcasts produzidos pelo Canaltech.

Receba notificações e pesquise em nosso site diretamente de sua barra de ferramentas.

Adicionar ao Chrome