Apple obtém acordo com antiga fornecedora de telas safira

Por Redação | em 05.11.2015 às 12h22

iPhone 6

Parece que a triste novela da amizade entre Apple e GT Advanced Technologies está prestes a chegar a um fim. As duas empresas chegaram nesta semana a um acordo judicial que prevê o pagamento de uma dívida de US$ 439 milhões, fruto de investimentos feitos pela Maçã na fabricante de vidro sapphire, que deveria ser a principal parceira na fabricação de iPhones com a tecnologia mas acabou não dando conta da demanda.

De acordo com os documentos registrados na corte de falências do estado de New Hampshire, nos EUA, a ideia é que a GT Advanced Technologies leiloe os equipamentos que seriam, ou efetivamente foram, utilizados na fabricação dos vidros como parte da parceria. O total de aparelhos e o valor estimado deles não foram revelados, mas a fabricante deve ficar com 600 fornalhas utilizadas nesse processo, sendo que os materiais não vendidos deverão ser entregues para a Apple, como forma de garantir o pagamento.

Essa história, na verdade, começa no final de 2013, quando rumores, mais tarde confirmados, davam conta que a Maçã estaria prestes a adotar as telas sapphire, mais resistentes a riscos e quebras, em versões avançadas do iPhone – provavelmente na linha Plus. O processo de fabricação do material, porém, é extremamente difícil e caro. A Apple teria investido quase US$ 500 milhões na GT Advanced Technologies para que ela se tornasse fornecedora quase exclusiva, mas ela não teria dado conta da demanda.

As desavenças, então, resultaram na abertura de um pedido de falência no final do ano passado, depois que investimentos totais de quase US$ 1 bilhão fossem feitos pela GT, sem retorno. Para recuperar o dinheiro perdido, a Apple entrou na justiça contra a fabricante, solicitando reparações por quebra de contrato e ingerência, uma ação que, agora, teve seus frutos.

O acordo ainda depende da aprovação de um juiz da corte de falências, mas tudo indica que ele será confirmado. Como firmado nos documentos, a GT tem até o dia 23 de novembro para iniciar o leilão dos equipamentos, com um prazo até 31 de dezembro para venda e repasse do dinheiro, ou das fornalhas e dispositivos restantes para a Apple.

Fonte: Apple Insider

Assine nosso canal e saiba mais sobre tecnologia!
Leia a Seguir

Comentários

Newsletter Canaltech

Receba nossas notícias por e-mail e fique
por dentro do mundo da tecnologia!

Baixe já nosso app Fechar

Novidade

Extensão Canaltech

Agora você pode ficar por dentro de todas as notícias, vídeos e podcasts produzidos pelo Canaltech.

Receba notificações e pesquise em nosso site diretamente de sua barra de ferramentas.

Adicionar ao Chrome