Apple Music alcança marca de 20 milhões de usuários pagantes

Por Redação | em 07.12.2016 às 09h23

Apple Music

Há um ano e meio a Apple lançava o Music, seu serviço de streaming de música para concorrer com Spotify, Deezer e afins. Naquela época, muita gente torceu o nariz para a plataforma, sobretudo por ela não oferecer um plano gratuito como as concorrentes o fazem. Nesta terça-feira (06), porém, ficou claro que a decisão não afetou em nada o desempenho do Music, já que ele alcançou a marca de 20 milhões de usuários pagantes.

O número é 17,6% superior que o apresentado três meses atrás, quando a Apple divulgou que o Music havia ultrapassado a marca de 17 milhões de pagantes. Ou seja, o serviço vem conseguindo manter uma taxa de crescimento de 1 milhão de novos assinantes pagantes por mês.

Em entrevista à Billboard, Eddy Cue, vice-presidente sênior da divisão de Serviços e Software de Internet da Apple, disse que este tem sido um bom ano para o Apple Music, mas que ainda há muito a ser feito. "Não podemos esquecer que, na indústria, ainda temos muito poucos assinantes", ponderou o executivo. "Há bilhões de pessoas que ouvem música e não temos sequer 100 milhões de assinantes. Ainda há muitas oportunidades para crescermos".

O tom cauteloso adotado por Cue também reflete a preocupação que a Maçã tem de superar seu principal concorrente no segmento: o Spotify. Apesar do ritmo surpreendente de crescimento, a verdade é que o Music só tem metade dos assinantes pagantes que o Spotify tem. Em setembro, a plataforma de streaming musical líder de mercado anunciou que bateu a marca de 40 milhões de assinantes premium e que nos últimos seis meses viu sua base crescer a um ritmo de 1,6 milhão de novos usuários por mês.

Para se sobressair em relação à concorrência, rumores indicam que a Apple estaria considerando reduzir o valor da assinatura do Music no exterior. O plano individual passaria de US$ 10 para US$ 8, enquanto familiar cairia de US$ 15 para US$ 13. Nada foi confirmado oficialmente, mas os boatos alegam que os novos valores começarão a ser praticados até o Natal. E, dado que o Spotify vem aumentando o valor de suas mensalidades, pode ser que a Apple acabe, sim, atraindo mais gente para sua alçada.

Via Digital Trends

Assine nosso canal e saiba mais sobre tecnologia!
Leia a Seguir

Comentários

Newsletter Canaltech

Receba nossas notícias por e-mail e fique
por dentro do mundo da tecnologia!

Baixe já nosso app Fechar

Novidade

Extensão Canaltech

Agora você pode ficar por dentro de todas as notícias, vídeos e podcasts produzidos pelo Canaltech.

Receba notificações e pesquise em nosso site diretamente de sua barra de ferramentas.

Adicionar ao Chrome