Amazon terá suporte online para professores nos EUA

Por Redação | em 27.06.2016 às 22h59

Amazon Inspire

A Amazon acaba de anunciar um novo passo dentro do cada vez mais competitivo setor das tecnologias voltadas à educação. Em nota oficial, a companhia revelou o Amazon Inspire, um serviço online focado em oferecer suporte para professores do ensino fundamental e médio – passando assim a marcar mais presença em um território já típico da Apple, da Google e da Microsoft.

A ser lançado ao final de agosto ou início de setembro, o site será um repositório com milhares de planos de ensino, planilhas e materiais de instrução gratuitos. A ideia é oferecer uma interface familiar para usuários de outras lojas virtuais da Amazon – incluindo campo de buscas, análises de usuários e rankings baseados em número de estrelas.

O primeiro passo de um pioneirismo educacional?

Conforme colocou o site do jornal The New York Times, o Amazon Inspire pode facilmente ser apenas a porta de entrada para uma empreitada mais audaciosa no campo das tecnologias da educação. No futuro, o Inspire poderia se tornar uma loja online abrangente, com software e materiais didáticos pagos voltados para escolas e instituições acadêmicas.

Amazon Inspire

“A Amazon está claramente se posicionando como uma divisora de águas com esse lançamento”, observou o cofundador do fundo de investimentos Owl Ventures, Tory Patterson, em entrevista ao referido site. De fato, com o lançamento, a companhia passa a se juntar a outros gigantes fortemente empenhados em expandir a utilização de tecnologias em escolas públicas.

Know-how adquirido

Embora relativamente inovador, o Inspire não representa a primeira incursão da Amazon pela tecnologia da educação. De fato, a companhia adquiriu em 2013 o site instrutor de matemática TenMarks. Além disso, a gigante possui atualmente um contrato de três anos com as escolas públicas de New York City, a fim de prover e-books a mais de 1,1 milhão de estudante – arrebatando aproximadamente US$ 30 milhões até o final do período.

Ademais, convém não confundir a fórmula relativamente nova e o peso da Amazon com uma competição desprovida de adversários. Conforme apontou o NY Times, a companhia precisará encarar em seu novo investimento empresas bem posicionadas do setor, tais como o site tes.com (baseado em Londres e com oito milhões de usuários pelo mundo) e o teacherspayteachers.com (com sede em Manhattan e utilizado regularmente por mais de dois milhões de professores).

Amazon Inspire

Até porque, o formato das propostas dos contendores é bastante semelhante. Tratam-se de sites com campos de buscas por materiais baseados em assunto – de frações a mitose – e em nível de ensino. Tanto o Amazon Inspire quanto o tes.com permitem, por exemplo, que os professores baixem e editem lições, adequando-as às necessidades de suas turmas.

A Amazon, naturalmente, ainda puxa a brasa para a própria sardinha. “Com a tecnologia, os conteúdos e a expertise da Amazon, nós acreditamos que podemos oferecer um diferencial”, disse o gerente geral da Amazon K-12, Rohit Agarwal, para o Times.

Fonte: The New York Times.

Assine nosso canal e saiba mais sobre tecnologia!
Leia a Seguir

Comentários

Newsletter Canaltech

Receba nossas notícias por e-mail e fique
por dentro do mundo da tecnologia!

Baixe já nosso app Fechar

Novidade

Extensão Canaltech

Agora você pode ficar por dentro de todas as notícias, vídeos e podcasts produzidos pelo Canaltech.

Receba notificações e pesquise em nosso site diretamente de sua barra de ferramentas.

Adicionar ao Chrome