Samsung Galaxy Chromebook chega aos EUA no dia 6 de abril a 999 dólares

Por Claudio Yuge | 31 de Março de 2020 às 19h30
Samsung
Tudo sobre

Samsung

Saiba tudo sobre Samsung

Ver mais

Quando a Samsung apresentou sua mais nova proposta de laptop na Consumer Electronics Show (CES) 2020, em Las Vegas, no começo do ano, muita gente ficou de olho no lançamento: elogiado como o mais belo e bem construído computador móvel da companhia até agora, o Galaxy Chromebook traz uma nomenclatura de sucesso no mercado mobile e promete cativar uma boa parcela dos consumidores.

Nesta segunda-feira (30), a sul-coreana anunciou que a máquina estará disponível nos Estados Unidos a partir do dia 6 de abril, a US$ 999 (R$ 5.177 na conversão direta).

Além do famoso nome, o que chama a atenção do Galaxy Chromebook é o design refinado, com um corpo de alumínio e cores chamativas, a exemplo do vermelho Fiesta Red e do cinza Mercury Gray. A tela AMOLED UHD é sensível ao toque, conta com 13,3 polegadas e tem resolução 4K. O processador é o Intel Core i5 de 10ª geração, com até 16 GB de memória RAM (LPDDR3) e armazenamento interno de até 1 TB de SSD.

Chromebook na cor vermelha / Imagem: Reprodução/Digital Trends

Para a comunicação, há uma câmera de 1 megapixel na parte superior da tela, para as chamadas de vídeo, e outra de 8 MP logo acima do teclado, para tirar fotos quando o usuário dobrar o conversível no modo tablet. A caneta do tipo stylus fica na entrada ao lado da porta USB-C, do lado esquerdo, e, assim como nos primos das linhas de smartphones e phablets, é usada para escrever, desenhar e navegar no painel.

Este será o design do próximo Chromebook / Imagem: Reprodução/Digital Trends

Com relação ao som, são dois alto-falantes estéreo de 2W e o sistema vem com suporte ao Google Assistente. O teclado é retroiluminado e a acessibilidade tem o bloqueio com scanner de impressões digitais. A conectividade tem o Wi-Fi 6 e duas portas USB-C, com entrada de 3,5 mm para fone/microfone e um slot para cartão UFS/MicroSD. A bateria, de 49,2 watts/hora dura até oito horas com uma só carga, segundo a Sammy — mas isso também vai depender do uso da tela em 4K.

Ainda não há previsão de disponibilidade e preço no Brasil.

Fonte: Gizmochina  

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.