Pelo menos 27 casos de MacBooks Pro com baterias superaquecidas são registrados

Por Patrícia Gnipper | 27 de Junho de 2019 às 16h24
Tudo sobre

Apple

Saiba tudo sobre Apple

Ver mais

Na última semana, a Apple anunciou um recall de modelos do MacBook Pro de 15 polegadas produzidos entre setembro de 2015 e fevereiro de 2017, apontando riscos de a bateria de tais modelos sofrer superaquecimento e, assim, colocando tanto a máquina quanto o usuário em risco. Agora, a Comissão de Segurança de Produtos de Consumo dos Estados Unidos informou que a Maçã já recebeu ao menos 27 relatos de baterias superaquecidas dos modelos que fazem parte do recall — 26 deles nos EUA e 1 no Canadá.

Desse total, 17 reportaram danos menores a algum item que estava próximo à máquina, enquanto outros cinco envolveram pequenas queimaduras. Um caso, mais preocupante, relatou também inalação de fumaça. Mais de 430 mil unidades destes modelos do MacBook Pro foram vendidas apenas em território estadunidense, então pensar que somente 26 casos de incidentes envolvendo a bateria foram relatados chega a ser um conforto.

Mesmo assim, se você é usuário de algum dos modelos que fazem parte do recall, é bom não bobear e levar seu MacBook Pro a uma assistência Apple o quanto antes. A troca do componente é gratuita.

Participe do nosso Grupo de Cupons e Descontos no Whatsapp e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Fonte: MacRumors

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.