Apple não usa mais o famoso som de inicialização dos Macs

Por Redação | 31 de Outubro de 2016 às 20h57

Desde 1998, a Apple vem mudando o design de seus computadores e criando novas funções, mas se tem uma coisa que permaneceu inalterada nestes anos todos foi o famoso sinal sonoro (um fá sustenido maior, diga-se de passagem) que toca toda vez que ligamos um Mac, enquanto a maçã cinza aparece na tela. Bom, e agora, com a nova linha de MacBooks anunciada na semana passada, o sinal se despede.

Quem prestou atenção no detalhe foi o pessoal do Pingie.com, que viu em uma página de perguntas e respostas do novo MacBook Pro alguém questionando a falta do ruído. A Apple confirmou que esse detalhe não está mais presente na nova geração de computadores portáteis.

Os usuários mais antigos dos produtos da Apple reconhecem que o acorde da inicialização foi uma marca registrada. Ele servia, desde o final dos anos 1990, para mostrar ao usuário que o sistema estava "ok", assim como o hardware. Sendo assim, um Mac que sofresse boot sem emitir o sinal sonoro poderia indicar problemas ou mau funcionamento.

Pelo menos agora, com a tendência da Apple de eliminar o barulho dos MacBooks, ninguém mais ficará apreensivo ao ter que ligar o notebook em uma sala de aula, reunião, sala de espera do hospital ou qualquer outro local que exija silêncio. Vale lembrar que os MacBooks Pro novos trazem um diferencial: basta abrir a tampa para que eles se iniciem automaticamente, independente de terem sido desligados antes ou não.

Sobre o acorde de inicialização

Apesar de ser antigo, o acorde de boot do sistema já passou por algumas modificações. Até o iMac G3, o sinal era um pouco diferente do que conhecemos hoje. A Apple até registrou o efeito sonoro em 2012, descrevendo-o como "um sintetizador tocando um acorde de G / F sustenido maior, por aproximadamente 30 segundos".

Ouça-o:

Via Pingie

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.