10 recursos que não podem faltar no seu novo notebook em 2016

Por Joyce Macedo

2016 promete ser um ano emocionante no mundo dos computadores portáteis. Enquanto uma série de novas tecnologias está atingindo a maturidade, a indústria está pronta para trazer algumas melhorias que são esperadas há alguns anos. Se você está planejando comprar um notebook, certifique-se de que ele possua alguns recursos específicos.

Para ajudá-lo, listamos algumas funcionalidades que se aplicam a qualquer tipo de laptop, seja para uso corporativo, gamer, ultrabook, conversível 2 em 1, entre outros. Lembre-se também que você pode sempre consultar os reviews e dicas do Canaltech antes de começar a busca pelo notebook perfeito.

1. USB 3.1 Tipo C

USB-C MACBOOK

No ano passado, a Apple apresentou ao mundo seu novo MacBook, e com ele uma nova porta USB. O chamado USB-C chegou para substituir o leitor de cartão SD, as duas entradas USB e a conexão Thunderbolt, com capacidade para suportar comunicação de dados, energia, VGA, HDMI e USB.

O USB-C promete um aumento de desempenho considerável, pois transfere dados a até 10 Gbps, o suficiente para transmitir vídeos em 4K para monitores externos com eficiência máxima, por exemplo.

Ele também é capaz de transferir até 100 W para recarregar baterias até mesmo de equipamentos mais robustos, como computadores, e não somente smartphones e tablets. Alguns acreditam que o USB-C será o padrão dominante na nova geração de dispositivos, uma vez que ele permite troca de dados e recarga mais eficientes.

2. Mini DisplayPort

DisplayPort

A Mini DisplayPort é uma porta que proporciona conexão digital com telas externas. Ela funciona com telas DVI single link, DVI dual link e VGA com os adaptadores adequados. Enquanto o USB-C não se torna tão popular quanto o esperado, quem quiser trabalhar com um monitor externo 4K precisa de um conector DisplayLink.

O preço de monitores 4K está caindo rapidamente devido às economias de escala – já existem modelos que custam cerca de US$ 365 nos EUA, por exemplo – e não seria tão surpreendente se eles se tornassem cada vez mais populares entre as empresas onde um único monitor poderia substituir, pelo menos, quatro monitores de 1080p.

3. Display Full HD

Full HD

Atualmente, não é difícil encontrar notebooks com monitores de resolução inferior a 1920 x 1080 pixels por valores surreais. No entanto, resoluções deste tipo estão se tornando padrão para smartphones, dispositivos que custam até 10 vezes menos do que um notebook topo de linha.

Na hora de comprar um novo laptop, não aceite nada menos que uma tela Full HD. Para quem pensa em opções QuadHD ou 4K, é importante destacar que qualquer coisa acima de Full HD pode se tornar desconfortável para olhos mais sensíveis; além de ter um impacto direto na vida útil da bateria do aparelho.

4. Acessórios

Sony Docking Station

Muitas vezes, tudo o que você precisa para trabalhar é apenas um notebook e um carregador, mas eles não podem ser considerados os itens essenciais em todos os cenários.

Alguns fabricantes oferecem ótimos periféricos e acessórios que vão além do básico, como docking stations, baterias externas, alto-falantes externos e até mesmo monitores portáteis. É provável que, em breve, até mesmo o simples carregador de bateria receba uma atualização importante já que cada vez mais a tecnologia de economia de energia torna-se tendência.

5. Windows Hello

RealSense

O Windows 10 provavelmente é o sistema operacional que vai alimentar o seu próximo notebook. Com ele vem um novo recurso chamado "Hello", que é muito útil para aqueles que querem abraçar a biometria sem que ela se torne um obstáculo à eficiência. Basicamente, o Hello permite que você use seu rosto como senha.

No entanto, para utilizar este recurso, você vai precisar de uma câmera especial que atualmente está sendo oferecida pela Intel. O dispositivo possui a tecnologia RealSense, que consiste em três sensores agrupados para um melhor processo de autenticação.

6. Baterias “hot swap” (troca em funcionamento)

Hot swap

A tecnologia “hot swap” permite conectar baterias externas aos notebooks para prolongar o uso da máquina sem que seja preciso desligar o sistema. Um exemplo de laptop moderno equipado com este recurso é o Lenovo T450S. Um aparelho com esta funcionalidade pode ser extremamente útil em viagens longas ou trabalhos urgentes que não podem ser interrompidos.

Infelizmente, diversos laptops (ultrabooks ou mesmo modelos finos e leves) já vêm com baterias não removíveis e baterias externas que reduzem o apelo de "hot-swapability". No entanto, a possibilidade de trabalhar por dois ou três dias sem qualquer tempo de inatividade ou necessidade de caçar uma tomada é claramente atraente.

7. Espessura ideal

Yoga 3

Este item não é necessariamente um recurso, mas engloba diversas funcionalidades já citadas. Notebooks não devem ser muito finos, caso contrário você terá problema com alguns recursos como economia de bateria, resfriamento, qualidade de som, estabilidade, conectividade e até mesmo sua experiência de digitação. A maioria deles tem a ver com leis da física que são imutáveis.

8. Memória Dual Channel (duplo canal)

Dual channel

Se você quer extrair um pouco mais de desempenho (cerca de 10%) do seu laptop, então escolha um modelo cuja memória foi configurada em canal duplo. Isto significa ter um notebook com dois slots de memória, que contém dois módulos de igual capacidade e um processador capaz de suportar dual-channel.

Em outras palavras, você poderá escolher entre notebooks de 8 GB (2 x 4 GB) ou 16 GB (2 x 8 GB). Modelos portáteis de 16 GB ainda são caros demais e os de 2 GB são limitados demais. Optando por notebooks que não possuem módulos de memória soldados também significa que você será capaz de atualizar para 32 GB RAM no futuro.

9. Wi-Fi 802.11ac

Wifi

Já faz quatro anos que o primeiro laptop e roteador capazes de suportar este protocolo de rede foram lançados. Em comparação com os seus antecessores, o 802.11ac permite uma transferência de dados mais rápida e, mais importante, continua ativo; obviamente você vai precisar de um hardware que suporta transmissão de 802.11ac.

A próxima geração de redes Wi-Fi, 802.11ad, já começou a aparecer em novos notebooks e roteadores. Dado que o protocolo tem o apoio explícito da Intel, é provável que cheguem ao mercado mais rapidamente. O novo padrão permite velocidades ainda maiores, mas apenas para curtas distâncias, tornado-se ideal para aplicações como uma conexão sem fio com um monitor.

10. Telas menores

Ultrabook Dell XPS 13

A Dell causou uma mini-revolução ao revelar um notebook com uma moldura incrivelmente fina. A façanha do XPS 13 ainda precisa ser replicada por outros fabricantes, mas ele pode muito bem abrir caminho para mais alguns modelos. Uma pequena tela (13,3 polegadas ou menos) e uma moldura fina (inferior a 10mm) representa um equilíbrio ideal, aumentando a nitidez da tela (medida em DPI) em resoluções iguais se comparadas a telas maiores.