WarnerMedia assume controle do canal HBO em quase toda a América Latina

Por Rafael Rodrigues da Silva | 28 de Outubro de 2019 às 18h20

Na última sexta-feira (25) a WarnerMedia comprou todas as ações da HBO que pertencia ao grupo Olé Communications, tornando-se assim a responsável pela distribuição dos canais HBO em todos os países da América Latina que não sejam o Brasil.

Com a aquisição, o braço de entretenimento da AT&T se torna dono da transmissão de todos os canais HBO, do Cinemax e do serviço de streaming HBO Go na América Latina. Mas, o mais importante: a aquisição permite que a empresa lance uma versão em espanhol do HBO Max, o serviço de streaming da WarnerMedia que deverá centralizar em um único lugar conteúdos de todas às produtoras pertencentes à empresa, que é dona da Warner Bros. e da HBO.

Apesar de a empresa estar investindo bastante na América Latina, o mesmo não deverá acontecer tão cedo no Brasil. Isso porque o presidente da WarnerMedia, Gerhard Zeiler, reiterou que todos os investimentos no país estavam suspensos até que o Congresso defina as mudanças na lei da TV paga que autorize a fusão da WarnerMedia com a AT&T por aqui. Zeiler afirma que a opção de comprar toda a operação existente hoje no Brasil ainda está de pé, mas que por enquanto ela continuará apenas como uma opção para quando a situação regulatória da empresa por aqui estiver resolvida.

Isso ocorre porque, aqui no Brasil, a legislação sobre os canais de TV paga impedem que a mesma empresa seja uma operadora de TV (a empresa que oferece os pacotes de canais) e uma produtora de conteúdo ao mesmo tempo. E esse é o entrave para que a fusão entre AT&T e WarnerMedia seja aprovada por aqui, pois enquanto a segunda é dona da Warner Bros. (que produz conteúdos para a TV paga), a AT&T é dona da Sky, uma operadora de TV.

Atualmente, tramitam no Congresso diferentes textos que atualizam a legislação para permitir que a fusão da AT&T e da WarnerMedia possa se completar no Brasil. A fusão da empresa já foi aprovada, com algumas condições, pelo Cade (Comitê Administrativo de Defesa Econômica) e se encontra em análise pela Anatel, então é possível que nos próximos meses tenhamos novidades sobre essa questão.

Fonte: Tele Síntese

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.